Johnny Cash e angústia: o último ato de Logan

0
857
logan hugh jackman

Sim, muita gente embarcou no trem do hype com o primeiro trailer oficial de Logan. Atingindo um patamar além das expectativas normais, o vídeo mostra que, aparentemente, o Wolverine terá um filme digno de sua história. O mais curioso é que essa oportunidade surge justamente no longa em que ser um X-Men já não importa mais, onde o fator humano será essencial. É a confirmação de tudo que foi comentado em entrevistas e revelado em imagens.

Ao longo de quase dois minutos, descobrimos que os mutantes tornaram-se exemplares raros no mundo. A cena em que Logan está bebendo em um cemitério ilustra bem essa informação. Talvez seja ali que boa parte de seus companheiros estejam enterrados. Tentar encaixar esse filme na cronologia dos X-Men da Fox é uma tarefa ingrata, mas tudo indica que apesar de todos os esforços em produções passadas, o destino trágico dos mutantes é mesmo inevitável.

Leia também: A jornada do Velho Logan

Vemos também um Logan castigado pelo tempo. Como informações já adiantavam, seu fator de cura não funciona como antes e isso fica claro nas cicatrizes em seu corpo. As mãos machucadas pelo uso das garras de adamantium, suas velhas companheiras de batalha. Não é sempre que ele está coberto pelo seu próprio sangue, uma mudança e tanto em sua vida. Em constante estado de dor, a bebida funciona como uma espécie de analgésico. Não é mais o herói de outros tempos, não existe mais espaço para isso. 

Claro, o trailer também mostra as clássicas cenas de ação. Logan correndo, pulando e cravando as garras nos vilões. Elementos presentes em todos os outros filmes onde ele deu o ar da graça. Mas é possível imaginar que ele evite ao máximo esses combates, provavelmente abrindo exceções em momentos cruciais. Aliás, as lutas serão um elemento chave no filme. “Basicamente, se você tá querendo umas paradas hiper coreografadas, desafiando gravidade, com efeitos especiais destruindo a porra toda, esse não é o seu filme”, adiantou o diretor James Mangold semanas atrás.

Mas o aspecto que mais chama a atenção no trailer é a relação entre Logan e o Professor Xavier. Patrick Stewart sofrerá com o Alzheimer, esquecendo de tudo que já viveu. Hugh Jackman será seu protetor, talvez como uma forma de retribuir tudo que Charles fez por ele no passado. Ambos lutando com as últimas forças contra o grande mal do filme. Uma interação familiar que certamente será explorada nos momentos mais emocionantes do filme.

A adição de Laura Kinney, conhecida como X-23, ao grupo também tem sua importância. “Ela é como você. Muito parecida com você” é o que Caliban (Stephen Merchant) fala para Logan. Claro, isso vai além do fato de ela ser um clone feminino do Wolverine. Talvez aspectos de personalidade também sejam abordados no filme, sem falar nessa relação de pai e filha que parece surgir entre eles. A última fala de Patrick Stewart no trailer pode ter ligação com isso. “Logan, você ainda tem tempo”, diz ele. Tempo para consertar os erros do passado, para viver seus últimos dias em paz. Tempo para ser mais humano e menos mutante.

Do lado dos vilões, Donald Pierce (Boyd Holbrook de Narcos) e seus Carniceiros marcam presença durante boa parte do trailer. Nas HQ’s, eles tem uma longa história de ódio com os X-Men, especialmente com o Wolverine. Eles vão trabalhar para a empresa de Nathaniel Essex, mais conhecido como o vilão Sr. Sinistro. Não é possível afirmar o quanto a mão de Nathaniel vai pesar, mas é certo que os Carniceiros irão infernizar a vida de Logan e seus amigos.

professorxHurt, interpretada de forma magistral por Johnny Cash, é o tipo de música que casa perfeitamente com a proposta do trailer. O que eu me tornei?/Meu doce amigo/Todos que eu conheço vão embora no final é o que diz o refrão. Mais simbólico que isso, impossível. Mesmo sendo um filme de super-herói, prefiro acreditar que essa característica ficará em segundo plano. Como o título deixa bem claro, esse é o filme do Logan. E nesse caso é mais importante do que ser o Wolverine.

Para encerrar, fica o pedido para a Fox: não estrague tudo. Essa é uma chance de ouro que vocês tem em mãos, do tipo que talvez nunca mais apareça. Hugh Jackman e Patrick Stewart merecem uma despedia em grande estilo, assim como nós. Que esse filme consiga atingir todo seu potencial.

Logan chega aos cinemas em 3 de março de 2017.