Homem-Aranha: De Volta ao Lar: Não haverá sentido aranha no MCU?

0
Homem-Aranha De Volta ao Lar capa post cosmonerd marvel sony 2

A estreia de Homem-Aranha: De Volta ao Lar trouxe algumas questões sobre elementos da origem do herói à tona. Cuidado com os spoilers

Homem-Aranha: De Volta ao Lar já está nos cinemas e, a essa altura, a grande maioria já sabe o que faltou ou não no filme da parceria entre Disney e Sony. No que diz respeito à clássica origem do personagem da Marvel, alguns pontos realmente ficaram de fora (selecionamos os principais aqui), mas um que tem causado bastante discussão nos últimos dias é o sentido aranha.

Após a descoberta da ausência dessa habilidade, Jon Watts (diretor do filme) foi questionado. Sua explicação é de que o sentido aranha já havia sido trabalhado com certo destaque nos outros filmes, então nada mais justo dar um descanso para isso em Homem-Aranha: De Volta ao Lar. Isso faz todo sentido (com perdão do trocadilho) e, se analisarmos friamente, os principais pontos que ficaram de fora nesse filme são por esse mesmo motivo: Tio Ben, a aranha radioativa, Oscorp… tudo isso já está um pouco saturado no imaginário dos fãs. É algo que Zack Snyder não entendeu ao repetir, pela milésima vez, a morte dos pais de Bruce Wayne em Batman Vs. Superman, mesmo que por motivos coerentes na narrativa.

ATUALIZADO 17/07/2017: O trailer de Vingadores: Guerra Infinita exibido na D23 desse ano mostrou que Peter Parker possui o sentido aranha.

Um agravante para a questão é a quantidade de reboots que o personagem sofreu em tão pouco tempo. O primeiro Homem-Aranha data de 2002, e Tobey Maguire habitou o imaginário do nerd até meados de 2007 como sendo o personagem nos cinemas. Já Andrew Garfield iniciou suas atividades em 2012, sendo considerado o portador do manto até o anúncio do acordo entre Marvel Studios e Sony (fevereiro de 2015), com a consequente escolha de Tom Holland para o papel.

Nada impede, no entanto, que possamos ver o sentido aranha nos cinemas logo mais, como o próprio Kevin Feige declarou em entrevista recentemente.

Isso poderia ser explorado num provável encontro com o Venom nos cinemas. O vilão tem agendado um filme solo, protagonizado por Tom Hardy, para outubro de 2018. Se tudo der certo, pode ser que ele seja a escolha como vilão principal para a sequência de Homem-Aranha: De Volta ao Lar, ainda sem data anunciada pela Marvel / Sony. Mas por que o Venom? Um motivo bastante convincente é o fato de que, nos quadrinhos, o personagem é imune ao tal sentido aranha, podendo assim surpreender Peter Parker de diversas formas ao longo da narrativa.

Sendo assim, não há motivos para desespero. É elogiável esse movimento da Marvel Studios em tentar abordar outras coisas mais, além das que já foram exploradas, sem perder a essência do Homem-Aranha. Muito melhor do que tentar superar o filme de Sam Raimi, como era a clara intenção da Sony em sua abordagem com o competente Mark Webb. Guardar mágoa não faz bem a ninguém, e se tem um personagem com infinitas possibilidades promissoras de abordagem, é o nosso amigão da vizinhança.