volume morto
Filmes

Volume Morto | Suspense estreia nas plataformas digitais

Edipo Pereira

11 set, 2020

Filme conta a história de um garoto de sete anos vítima de bullying na escola; público é conduzido para dentro de uma trama familiar em que a professora tenta descobrir o que acontece com a criança em casa

O suspense "Volume Morto", aclamado na Europa e considerado o filme mais polêmico do Festival de Brasília em 2019, chega às plataformas digitais dia 18 de setembro.

Trata-se de um filme que prende o público em um quebra-cabeça familiar. De um lado temos a professora Thamara (Fernando Vasconcellos) que percebe o comportamento incomum do aluno Gustavo. Mudo nas aulas, ele ganha o apelido "Volume Morto". Para tentar entender o que acontece com o garoto em casa, ela convoca os pais de Gustavo, Luiza (Júlia Rabello) e Roberto (Daniel Infantini) para uma reunião.

O filme, de 80 minutos, que se desenrola dentro de uma escola completamente vazia, permite que o espectador acompanhe situações extremas e tente entender os diferentes pontos de vista de cada um dos envolvidos. A chegada da diretora, interpretada pela atriz Fernanda Viacava, dá um tom ainda mais sombrio ao longa-metragem que só entrega a pista final da trama nos últimos segundos. O filme também foi selecionado para o Festival de Talim (Estônia), um dos dez maiores festivais de cinema do mundo. A narrativa, envolvente, provoca curiosidade imediata no público.

"Volume Morto" é uma produção da Labuta Filmes com distribuição da O2 Play.

Deixe um comentário