Filmes

Última Cidade | Distopia cearense estreia em julho

Edipo Pereira

20 jun, 2022

Diretor de curtas como “Meu amigo Mineiro”, Victor Furtado estreia em longas com Última Cidade, que tem como cenário um nordeste brasileiro mergulhado numa distopia, e como protagonista um homem que, ao lado de seu cavalo e um andarilho, busca enfrentar aquele que destruiu sua vida. A produção levou os troféus de Melhor Filme e Menção honrosa de Melhor Fotografia, no Festival de Cinema de Vitória do ano passado, e chega ao circuito comercial em 21 de julho, com distribuição da Marrevolto Filmes.

Assista ao trailer logo acima, no topo da postagem.

Furtado conta que a ideia para o longa nasceu numa noite de réveillon, na qual o argumento veio-lhe como uma catarse. “Depois disso, busquei entender o que deu origem aquela ideia nada original e percebi que meu trabalho consistia em recompor o que já existia: o herói quixotesco, a América Latina dos saberes antigos com a vontade de filmar a aventura que nos coloca ao lado dos que sofrem com esse sistema, apresentando minha cidade natal, Fortaleza, como parte desse projeto neoliberal sem fim.

O protagonista do filme é João, interpretado por Julio Adrião (“Sertania”), que em seu cavalo Cruzeiro, e, na companhia de um andarilho chamado Tahiel (Hector Briones) vai à última grande cidade do nordeste para ficar frente-a-frente com o homem que tomou suas terras e acabou com sua família.

Para contar essa história, Furtado, que assina o roteiro com Thiago Mendonça, se vale de uma combinação de diversos gêneros cinematográficos, que foram pautados pelos sentimentos que os personagens despertavam nele, além da busca pela melhor maneira de abordar os assuntos do longa.

Deixe um comentário