capa da postagem com os Jaegers de Círculo de Fogo A Revolta
Filmes

Primeiras críticas de Círculo de Fogo 2 não são muito animadoras

Lucas Rocha

21 mar, 2018

As críticas internacionais da sequência de Círculo de Fogo de 2013, dirigida por Guilhermo del Toro, começaram a ser divulgadas e o veredito não é dos melhores. Del Toro continua como produtor em Círculo de Fogo: A Revolta, mas quem assume a cadeira de diretor é Steven S. DeKnight, e crítica diz que seu filme é “tedioso”, “idiota” e “comum”.

“Eu não sei se iria tão longe a ponto de falar que Círculo de Fogo: A Revolta é drasticamente pior que as duas últimas sequências de Transformers. Mas o fato de isso já ser uma comparação, certamente não seria uma recomendação. Para ser honesto, a melhor forma de assistir esse filme é daqui a um ano, no fim da noite na tv a cabo.” Chris Nashawaty (Entertainment Weekly)

“Com a falta do toque de estilo entregue por del Toro no filme original, essa sequência dirigida por Steven S. DeKnight (Netflix – Demolidor, Spartacus) se torna cansativo em seu enredo clichê e nas caracterizações, diálogos banais e incansavelmente repetitivos, assim como sequências de ações visualmente incoerentes.” Frank Scheck (The Hollywood Reporter)

“Essa segunda produção da franquia joga fora, ou diminui, muitos dos elementos que fizeram o original de del Toro, único. Enquanto reconfigura seu estilo e atitude para se aproximar dos filmes de Transformers.” Nick Shager (Variety)

“Círculo de Fogo: A Revolta é um filme idiota, que sabe que é um filme idiota, que apenas tenta entregar uma boa diversão e não precisa nos enrolar com desenvolvimento de personagens e explicações, pois sabe que não nos importamos de verdade. Não compramos um ingresso para saber do passado de nenhum dos personagens. Só queremos ver vários robôs lutando contra monstros, e esse filme tem muito disso.” Mike Ryan (Uproxx)

Círculo de Fogo: A Revolta estreia nos cinemas nesta quinta, 22 de março.

Deixe um comentário