O Caravaggio Roubado: escritora fantasma se envolve em crime no trailer

0

A Pagu Pictures acaba de divulgar o trailer legendado do filme italiano “O Caravaggio Roubado”, de Roberto Andò (“Viva a Liberdade”).  Exibido em 2018 nos festivais de Veneza e do Rio de Janeiro, o longa estreia em circuito comercial em 23 de maio. Confira o vídeo no topo da postagem.

“O Caravaggio Roubado” parte de um dos 10 crimes mais famosos da história da arte – o roubo do quadro “Natività”, do pintor italiano Caravaggio, pela máfia  – para criar uma trama cheia de suspense e mistério. No elenco estão Micaela Ramazzotti, Alessandro Gassmann, Renato Carpentieri, Laura Morante e Gaetano Bruno, entre outros.

Valeria, jovem secretária de um produtor de cinema, leva uma vida isolada e escreve scripts anônimos para um roteirista de sucesso, Alessandro Pes. Um dia ela é abordada por um misterioso policial aposentado que lhe conta a história de um crime. Quando vai para casa, usa o relato para escrever o próximo roteiro de Alessandro, que é aguardado ansiosamente pelos produtores. A nova trama é perigosa, pois conta a história do misterioso roubo da pintura “Natività”, de Caravaggio, realizado pela máfia siciliana em 1969. Valeria logo se verá em situações completamente diferentes do que está  acostumada a viver.

Continue no CosmoNerd para mais novidades, listas e análises da cultura pop, geek e nerd. Aproveite para se inscrever em nosso canal do Youtube, ativando as notificações para não perder nenhuma novidade em vídeo.

Fundada em 2017 por amantes do cinema, a Pagu Pictures é uma distribuidora inovadora que acredita que cada filme é feito para as pessoas que, sem saber, esperavam por ele. Em seu primeiro ano de vida, lançou grandes filmes brasileiros, destacando-se “Gabriel e a Montanha”, de Fellipe Barbosa, único filme brasileiro no Festival de Cannes de 2017, e “On Yoga: Arquitetura da Paz”, de Heitor Dhalia. A Pagu existe para levar cada um de seus filmes às pessoas que desejam esse encontro, seja onde for, seja no formato que for, mas que fundamentalmente acredita que é na sala de projeção que o filme explode inesquecível. O Cinema brasileiro vive!