Filmes

Murilo Rosa conversa sobre Deus com Letícia Braga em cena inédita de “A Menina Índigo”

Edipo Pereira

9 out, 2017

NOVO LONGA-METRAGEM DO DIRETOR WAGNER DE ASSIS ESTREIA NESTA QUINTA-FEIRA, DIA 12, NOS CINEMAS

“Você tem que acreditar no que está dizendo”, afirma Sofia, a protagonista de “A Menina Índigo”, vivida por Letícia Braga, para Murilo Rosa, seu pai, o jornalista Ricardo, no novo filme de Wagner de Assis, que estreia nesta quinta, dia 12, em todo o Brasil. Em cena inédita divulgada pelo diretor, quem coloca o pai para dormir é a menina: “Dorme com Deus, pai”, diz ela. E pede: “Diz para mim agora”. O pai deseja o mesmo, mas Sofia não sente sinceridade nas suas palavras e o repreende: “Eu não acreditei”, diz ela. Em seguida, os dois conversam sobre Deus e Sofia ensina ao pai que não basta falar, é necessário sentir e expressar com o coração.

“A Menina Índigo” conta a história de Sofia, uma menina sensível, que adora brincar com tintas e deseja colorir o mundo. Seus pais, vividos por Murilo Rosa e Fernanda Machado são separados e ela deseja uni-los novamente. Com suas atitudes e seu modo original de ver o mundo, Sofia vai influenciar a vida de toda a família, causando profundas transformações.

Eriberto Leão, Paulo Figueiredo e Xuxa Lopes também estão no elenco.  “A Menina Índigo” é o novo filme de Wagner de Assis, diretor que em 2010 levou mais de 4 milhões de espectadores aos cinemas para assistir ao filme “Nosso Lar”, adaptação do livro homônimo de Chico Xavier. Wagner agora se prepara para filmar a continuação “Nosso Lar 2 - Os Mensageiros” e a cinebiografia de Allan Kardec.

Saiba mais sobre “A Menina Índigo” em www.facebook.com/ameninaindigo

Elenco:

Murilo Rosa - Ricardo

Fernanda Machado - Luciana

Letícia Braga - Sofia

Paulo Figueiredo  - Paulo Gregório

Xuxa Lopes - Antonia

Eriberto Leão  - Geremias

Luiz Antonio Pillar  - Almeida, jornalista

Participação Especial 

Renato Prieto

Andrea Veiga

Nizo Neto

Ficha Técnica:

Diretor de Fotografia: Guy Gonçalves

Direção de Arte e Cenografia: Paulo Flaksman

Figurino: Maria Diaz

Produção de Elenco: Viviane Ávila e Michele Felippe

Técnico de Som Direto: Marcel Costa

Direção de Produção e Pós-Produção: Mitzzi Carvalho

Edição: Gustavo Sampaio

Edição de Som e Mixagem: Rodrigo Coelho

Edição e Mixagem da Trilha Sonora: Gustavo Modesto

Produtores Associados: Murilo Rosa, Luis Erlanger e Harold Apter

Produção Executiva Delegada:  Richard Ávila

Produção Executiva: Pimenta Jr.

Trilha Sonora Original: Trevor Gureckis

Roteiro, Direção e Produção Wagner De Assis

A PRODUTORA

A Cinética Filmes é a produtora responsável por filmes como Nosso Lar e A Cartomante, documentários como Que Geração é essa? e Os Transgressores. Criada em 1997, dedica-se a desenvolver conteúdo audiovisual para as diversas plataformas de exibição.

Wagner de Assis é o criador da Cinética Filmes. Como roteirista, escreveu nos anos 90 filmes para a apresentadora Xuxa Meneguel. Em seguida, estreou como diretor e escreveu os longas A Cartomante e Nosso Lar, além de escrever para a televisão a novela Além do Tempo, como colaborador de Elizabeth Jhin e a minissérie Rondon, o Grande Chefe. Produz  e dirige documentários e em breve começa a filmar a continuação de Nosso Lar, Os Mensageiros, e a cinebiografia de Allan Kardec.

Deixe um comentário