lightyear-vilao-zurg
Filmes

Lightyear não irá estrear em alguns países do Oriente Médio

Mas no Brasil, o filme chega em 16 de junho

Diego Barbarossa

13 jun, 2022

Lightyear está banido de alguns países do Oriente Médio por conta de uma cena com beijo entre duas personagens femininas.

Segundo a Deadline, os países Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Bahrein, Kuwait, Omã e Catar, além da Malásia, Egito e Indonésia, não irão exibir a nova animação da Pixar e Disney em seus cinemas.

Recentemente, Amor Sublime, Amor, Eternos e Doutor Estranho no Multiverso da Loucura também foram barrados em alguns dos países por apresentarem personagens ou cenas com personagens LGBT.

Na China, o filme animado ainda não ganhou sua data de estreia, mas é provável que o crivo do governo chinês solicite que algo seja feito para que a animação chegue aos cinemas por lá - pois Animais Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore sofreu um corte de alguns segundos onde é mostrado a relação entre Dumbledore e Grindelwald.

Na trama, o lendário patrulheiro espacial, Buzz Lightyear, fica preso em um planeta hostil ao lado de sua comandante e sua equipe. Enquanto Buzz tenta encontrar um caminho de volta para casa através do espaço e tempo, um grupo de recrutas ambiciosos e o encantador gato-robô de companhia, Sox, se juntam ao herói.

A direção é de Angus MacLane com Chris Evans assumindo a voz original de Buzz. Keke Palmer, Peter Sohnm, Dale Soules, Uzo Aduba, James Brolin, Mary McDonald-Lewis, Efren Ramirez e Isiah Whitlock Jr. e Taika Waititi também estão no elenco de vozes.

No Brasil, Marcos Mion é o dublador brasileiro do Buzz. O filme chega aos cinemas nacionais em 16 de junho.

Deixe um comentário