Superman
Filmes

Homem de Aço | David Goyer justifica na SDCC por que Superman mata no filme

Márcio Bastos

25 jul, 2020

Uma das principais controvérsias de Homem de Aço (2013) foi termos uma versão do Superman que, diferente dos quadrinhos, é capaz de matar. Em painel hoje (25) na San Diego Comic-Con At Home, o roteirista David Goyer defendeu por que tomou essa polêmica decisão que foi escrita para o clímax do longa.

Sobre o assunto, Goyer disse o seguinte: “Existe uma regra de que o Superman não mata, mas essa é uma regra estabelecida no mundo da ficção. (...) Estávamos querendo contar uma história diferente do Superman, algo que não havia sido feito ainda. Por isso, era necessário correr riscos. Conversamos muito sobre a cena, se as pessoas iriam ou não reagir bem. O equipe editorial da DC aceitou. Não significa que não tenha sido uma decisão equivocada, mas se simplesmente ficássemos com medo de nos arriscar, não acho que seria um jeito muito saudável de explorar o material.”

Quando lançado, Homem de Aço dividiu os fãs, recebendo duras críticas de parte do público relacionadas à nova abordagem do personagem nas telas. O longa de Zack Snyder pegou carona no sucesso da trilogia Batman dirigida por Christopher Nolan, que buscou dar uma roupagem mais próxima do real para o Homem-Morcego.

Com uma edição totalmente online, a San Diego Comic-Con @Home ainda vai acontecer até domingo (26), com diversos painéis e anúncios.

Deixe um comentário