Filmes

Gigante Leo coloca Felipe Abib em apuros em ‘Altas Expectativas’

Edipo Pereira

15 nov, 2017

ALTAS EXPECTATIVAS GANHA NOVA DATA DE ESTREIA NO DIA 7 DE DEZEMBRO

“Ô, amigo, tá molestando um deficiente aqui. Tá difícil”, reclama Décio, personagem de Gigante Leo, apontando para o seu vizinho Tassius (Felipe Abib), enquanto ele tenta convencê-lo a liberar ensaios de stand up comedy durante a madrugada no filme “Altas Expectativas”. Na cena, o treinador de cavalos não gosta nada da ideia sugerida pelo dono do bar que fica abaixo do seu apartamento. O que ele não imaginaria é que o insistente Tassius iria ajudá-lo a aflorar o seu lado comediante. É com suas piadas que Décio deixa a timidez de lado e se aproxima da melancólica Lena, dona de um café no Jockey Club Brasileiro. Entretanto, ele ainda precisa lidar com as investidas de um playboy na moça. Com nova data de lançamento no dia 7 de dezembro, o longa-metragem é dirigido e escrito por Álvaro Campos e Pedro Antônio Paes. A comédia dramática é produzida pela 2 Moleques Produções, coproduzida pela Globo Filmes/Telecine e distribuída pela Galeria Distribuidora.

Além deles, o elenco conta ainda com Maria Eduarda de Carvalho, Milhem Cortaz, Pedro Sol, e participações especiais de Agildo Ribeiro, Fabiana Karla, Tiago Abravanel e Augusto Madeira.  Maria Eduarda é Lia, joqueta e amiga acelerada do treinador de cavalos que vai tentar ajudá-lo a conquistar Lena. Enquanto Milhem Cortaz vive o playboy Flávio, que faz de tudo para conquistar o coração da comerciante. Pedro Sol interpreta Téo, irmão de Lena.

“Altas Expectativas”, que fez sua estreia mundial no Festival de Montreal, no Canadá, e recebeu Menção Honrosa na Mostra Geração do Festival do Rio, é o primeiro longa-metragem dirigido e assinado em conjunto por Álvaro Campos e Pedro Antônio, também responsáveis pelo roteiro da produção. O filme marca ainda o debute de Gigante Leo como protagonista nos cinemas. A produção foi inspirada no romance do humorista com a sua esposa Carol. Anteriormente, o casal participou do curta-documentário “Leo & Carol”, também de Álvaro Campos, premiado Melhor Curta-documentário do Festival Inclús, de Barcelona, depois de ter conquistado o mesmo prêmio no Festival Sur Le Handicap, em Cannes.

O humorista foi o vencedor do Prêmio Multishow de Humor em 2012 e, no ano seguinte, fez sua estreia no cinema participando do filme “O Concurso”, de Pedro Vasconcelos. É ainda autor de seu próprio stand up comedy, “Verticalmente Prejudicado”, e já fez diversas participações na TV, como na novela “Novo Mundo” (Rede Globo, 2017) e na nova versão da “Escolinha do Professor Raimundo” (Rede Globo, 2016).

Deixe um comentário