Filmes

Filmes premiados no Anima Mundi são exibidos na edição paulistana do festival

Edipo Pereira

28 jul, 2017

Curta francês ‘Espaço Negativo’ e ‘Sob o Véu da Vida Oceânica’, de Quico Meirelles, têm sessões este fim de semana

No domingo, 23 de julho, o 25º Anima Mundi despediu-se do Rio de Janeiro com uma cerimônia de encerramento que lotou o Cine Odeon – Centro Cultural Luiz Sevriano Ribeiro. Na ocasião, foram anunciados os vencedores das mostras competitivas, que reuniram 182 produções entre curtas e longas-metragens, apresentados entre 14 e 23 de julho na cidade.

O vencedor do Grande Prêmio Anima Mundi (atribuído conjuntamente pelo júri profissional e pelos diretores do festival para a categoria Curta-Metragem) foi “Negative Space” (“Espaço Negativo”), dirigido por Ru Kuwahata e Max Porter, que é automaticamente selecionado para disputar uma vaga no Oscar® em 2018. Em São Paulo, o filme pode ser conferido na sessão Curtas 1 hoje, dia 27, às 16h30, no CCSP; e sábado, dia 29, às 17h, no Caixa Belas Artes.

As produções nacionais, muito prestigiadas no Anima Mundi, não ficam de fora da premiação. O escolhido como Melhor Curta Brasileiro pelo júri popular (eleito pelo público do festival por voto direto) e também vencedor do prêmio Canal Brasil (escolhido por um júri composto por jornalistas e críticos de cinema) foi "Sob o Véu da Vida Oceânica", de Quico Meirelles. O curta faz parte da sessão Curtas 5, que tem exibição na sexta, dia 28, às 20h, no CCSP, e sábado, dia 29, às 20h, no Caixa Belas Artes.

Comemorando 25 anos no centenário da animação no Brasil, o Anima Mundi encerra a edição de 2017 dia 30 de julho. Com uma programação especialíssima e convidados internacionais de peso, o festival apresenta um panorama com o que há de melhor no mundo nos mais diversos gêneros da animação. Nas sessões oficiais são 345 produções de 45 países, entre elas 70 nacionais – mas contando com as mostras especiais e retrospectivas, o número chega a 470 títulos.

Realizado desde 1993, o Anima Mundi é a principal plataforma de fomento à animação do país e responsável pela formação de toda uma geração de realizadores e de um público apaixonado, que todo ano lota salas de cinema e espaços do Rio e de São Paulo para assistir a curtas e longas adultos e infantis, dos mais variados temas, técnicas e origens.

Serviço

Negative Space (Espaço Negativo)
Direção: Ru Kuwahata, Max Porter,
Produção: Edwina Liard, Nidia Santiago, Jean-Louis Padis,
Categorias: Curta Metragem Internacional
País: França
Classificação: Curtas 1 (14 anos)
Consulte aqui a programação.

Sinopse: O curta-metragem francês em stop-motion mostra o delicado relacionamento entre pai e filho, que têm como maior elo um hábito específico: a arte de arrumar malas para viagens de trabalho.

Sob o Véu da Vida Oceânica
Direção: Quico Meirelles
Produção: Bel Berlinck,
Categorias: Curta Metragem Brasileiro
País: Brasil
Classificação: Curtas 5 (14 anos)
Consulte aqui a programação

Sinopse: Ei, você, humano que lê esta sinopse. Sim, você que reclama do tempo e da morte. Dos amores e da existência. Hoje é o seu dia de sorte: minha vida é muito pior. E dura só seis minutos.

CONSULTE A PROGRAMAÇÃO DO ANIMA MUNDI

Deixe um comentário