eva-wilma-atriz
Filmes

Eva Wilma ganha homenagem no Canal Brasil; confira

Edipo Pereira

19 maio, 2021

Para homenagear um dos maiores nomes da dramaturgia brasileira, a atriz Eva Wilma, que faleceu neste sábado (15/05/2021) aos 87 anos, o Canal Brasil exibirá na quarta-feira, 19/05, às 13h45, “São Paulo, Sociedade Anônima” (1965), dirigido por Luís Sérgio Person e protagonizado pela atriz. Em sequência, vai ao ar o curta “Minha Mãe, Minha Filha” (2018), de Alexandre Estevanato.

Com quase sete décadas de carreira, a trajetória de Eva Wilma se confunde com a história da televisão brasileira. Sua carreira começou aos 18 anos, na TV Tupi, onde foi protagonista de diversos programas e novelas – dentre eles, ela deu vida às gêmeas Ruth e Raquel na primeira versão de “Mulheres de Areia”, em 1973.

Com a decadência da emissora, em 1980, foi contratada pela TV Globo. Na nova casa, ficou marcada principalmente pelas vilãs que interpretou, como Altiva em “A Indomada” (1997) ou a doutora Marta Corrêa Lopes, do seriado “Mulher” (1998). Também esteve no elenco de clássicos como na novela “Rei do Gado” (1996), onde foi Marieta Berdinazzi, mãe da personagem protagonista de Letícia Spiller. Ao mesmo tempo, não abandonou os palcos nem as telas de cinema. Chegou inclusive a fazer teste para o filme “Topázio”, de Alfred Hitchcock, mas acabou preterida pela atriz alemã Karin Dor. Ao longo de toda sua carreira, Eva Wilma foi premiada 93 vezes e se tornou um ícone da dramaturgia brasileira.

Deixe um comentário