o-festival-do-amor-novo-filme-woody-allen
Filmes

Cine Petra Belas Artes | Programação de 6 a 11/01

Edipo Pereira

5 jan, 2022

Nesta semana, de 6 a 11 de janeiro de 2022, o Cine Petra Belas Artes traz duas estreias: “Roda do Destino”, do aclamado diretor japonês Ryusuke Hamaguchi, e “O Festival do Amor”, comédia romântica de Woody Allen.

Vencedor do Grande Prêmio do Júri no Festival de Berlim, "Roda do Destino" é obra de um dos mais aclamados diretores da atualidade, o japonês Ryusuke Hamaguchi. Com forte influência da literatura, Hamaguchi, que também assina o roteiro, apresenta três histórias interligadas pelo tema e pela forma. A primeira delas tem, ao centro, a modelo Meiko que precisa aprender a lidar com seus sentimentos quando sua melhor amiga começa a namorar o ex-namorado dela. No segundo conto, a jovem Nao é induzida pelo seu colega e amante, o estudante Sasaki, a seduzir um professor para o incriminar. O plano acaba transformando a vida dos três. Por fim, o último segmento traz a história de duas mulheres, Natsuko e Nana, que se encontram por acaso numa estação de trem, e desse encontro fica uma dúvida (ou quase certeza): se elas já viveram um romance no passado.

Em "O Festival do Amor", o diretor Woody Allen volta a reunir um grande elenco de astros internacionais, entre eles o francês Louis Garrel, o australiano Christoph Waltz, a americana Gina Gershon, e os espanhóis Elena Anaya e Sergi López. Na história, um casal americano vai ao Festival de San Sebastián e se deixa levar pela magia do evento, pela beleza e charme da cidade e pela fantasia do cinema. Com locações na Espanha, as filmagens terminaram uma semana antes do previsto e, após rodarem a última cena pela manhã, na tarde daquele mesmo dia, foi organizado um mercado beneficente no qual foram colocados à venda os adereços e figurinos usados no filme, e toda a renda foi doada à fundação local "Zaporeak", que se dedica a dar comida aos refugiados na costa da Grécia.

Da visionária cineasta Lana Wachowski, “Matrix Resurrections” reúne os astros originais Keanu Reeves e Carrie-Anne Moss nos papéis icônicos de Neo e Trinity. Lana Wachowski dirigiu a partir de um roteiro de Wachowski, David Mitchell e Aleksandar Hemon, baseado nos personagens criados pelas próprias irmãs Wachowski.

–“Casa Gucci”, adaptada do livro “The House of Gucci”, de Sara Gay Forden, com direção de Ridley Scott, tem trama inspirada na chocante história real do império da família por trás da italiana casa de moda Gucci. O elenco estelar reúne ainda Jared Leto, Jeremy Irons, Jack Huston, Salma Hayek e Al Pacino.

A adorada sessão com filmes em película 35mm que o Petra Belas Artes vem apresentando, homenageia Wong Kar-wai. Esta semana o especial reúne dois cults do aclamado diretor de Hong Kong: “Amores Expressos” (1994) e “Anjos Caídos” (1995).

Continuam em cartaz:

- Em sua terceira semana de exibição, "O Homem Ideal", da diretora alemã Maria Schrader, conta a história de Jaume e Raquel, um casal exemplar, que organizam um encontro às cegas com Rubén, um amigo neurótico e depressivo, separado há dois anos. A mulher que finalmente vai a esse encontro, coloca de cabeça para baixo o relacionamento deles, mudando tudo o que eles acreditavam estar imóvel. Mostrando a eles que nunca é tarde demais para recomeçar.

–“A Crônica Francesa”, de Wes Anderson, filme que apresenta uma coleção de histórias publicadas na The French Chronicle, com Benicio del Toro, Frances McDormand, Adrien Brody, Timothée Chalamet, Léa Seydoux e Tilda Swinton no elenco.

–O belíssimo "Deserto Particular", do diretor Aly Muritiba, vencedor do Prêmio do Público no Festival de Veneza, na Mostra Venice Days, é protagonizado por Antonio Saboia (“Bacurau”), e conta ainda com as tocantes atuações de Pedro Fasanaro e Thomás Aquino, com participação especial de Laila Garin.

– No longa brasileiro "Cora", após descobrir um documentário inacabado feito por seu pai antes mesmo que ela nascesse, a Cora do título começa a desvendar a sina de loucura que vem assombrando sua família por diversas gerações.

–Com ação no ano de 1969, "Marighella", filme biográfico dirigido por Wagner Moura, tem Seu Jorge no papel-título, e conta a história de Marighella, um político, escritor e guerrilheiro que lutou contra a ditadura militar brasileira.

Programação Petra Belas Artes

Semana: 6 a 11 de janeiro 2022

Quarta = Fechado

Preço dos ingressos normais: R$34,00/R$17,00

Segunda mais barata: R$20,00/R$10,00

Películas: R$22,00/R$11,00

Terças (e quartas quando abrirmos): R$30,00/R$15,00

Estreias:

ESTREIA: Roda do Destino (DCP) (121 min)

Horário: 13h30; 15h50; 18h20 e 20h50

Sala 1 – Villa-Lobos

ESTREIA: O Festival do Amor (DCP) (93 min)

Horário:14h45; 16h45; 18h50 e 21h

Sala 2 – Leon Cakoff

Em cartaz:

EM CARTAZ: O Homem Ideal (DCP – 3ª semana) (108 min)

Horário: 18h15

Sala 3 – Rubens Ewald Filho

EM CARTAZ: Casa Gucci (DCP – 7ª semana) (158 min)

Horário: 15h00 e 20h30

Sala 3 – Rubens Ewald Filho

EM CARTAZ: A Crônica Francesa (DCP – 8ª semana) (108 min)

Horário: 18h10

Sala 5 - Carmen Miranda

EM CARTAZ: Matrix Resurrections (DCP – 3ª semana) (148 min)

Horário: 20h20

Sala 5 - Carmen Miranda

EM CARTAZ: Marighella (DCP – 10ª semana) (159 min)

Horário: 15h

Sala 5 - Carmen Miranda

EM CARTAZ: Deserto Particular (7ª semana) (120 min)

Horário: 18h20 e 20h45 (no dia 11.01 apenas a sessão das 18h20)

Sala 6 – Mário de Andrade

EM CARTAZ: Cora (3ª semana) (81 min)

Horário: 16h

Sala 6 – Mário de Andrade

Especial:

ESPECIAL "MOSTRA WONG KAR-WAI": Amores Expressos (7ª semana - 35mm) (97 min)

Horário: 17h00

Sala 4 – Aleijadinho

ESPECIAL "MOSTRA WONG KAR-WAI": Anjos Caídos (4ª semana - 35mm) (99 min)

Horário: 19h30

Sala 4 – Aleijadinho

Ficha Técnica Programação Cine-semana 6 de janeiro

Sala 1

Roda do Destino (Gûzen to Sôzô)

2021, 121 min, Japão, 14 anos, cor, idioma: japonês (legendado)

Direção: Ryûsuke Hamaguchi

Elenco: Kotone Furukawa, Katsuki Mori, Fusako Urabe

Três histórias, todas protagonizadas por personagens femininas, falam dos encontros e desencontros da vida, os caminhos percorridos, e o poder do acaso na transformação e nos relacionamentos humanos. Um triângulo amoroso inesperado, um plano de sedução e vingança, e um encontro a partir de um mal-entendido são os elementos que governam cada um dos curtas que compõem esse tríptico, centrado em personagens divididos entre a escolha e o arrependimento.

Sala 2

O Festival do Amor (Rifkin´s Festival)

2020, 93 min, Estados Unidos, Espanha, Itália, 12 anos, cor, idioma: inglês (legendado)

Direção: Woody Allen

Elenco: Elena Anaya, Louis Garrel, Gina Gershon, Sergi Lopez

Quando Mort (Wallace Shawn) decidiu viajar para a Espanha para acompanhar o Festival de San Sebastián, ele não imaginava que seu mundo iria virar de cabeça para baixo. Após deixar-se envolver pelo charme e magia do país, ele começa a desconfiar que Sue (Gina Gershon), sua esposa, pode estar tendo um caso com um brilhante diretor de cinema francês. Enquanto tenta lutar contra suas inseguranças, Mort percebe que, assim como nos filmes, a vida também pode ser uma comédia, um drama, um romance… mas, acima de tudo, é um verdadeiro mistério!

Sala 3

O homem ideal (Ich bin dein Mensch)

2021, 108 min, Alemanha, 14 anos, cor, idioma: alemão

Direção: Maria Schrader

Elenco: Maren Eggert, Dan Stevens, Sandra Huller

Alma (Maren Eggert) é uma cientista que trabalha no Museu Pergamon em Berlim. Com o objetivo de obter fundos de pesquisa, ela é convencida a participar de um estudo extraordinário: viver durante três semanas com um humanóide, feito sob medida para o seu caráter e as suas necessidades, cuja inteligência artificial é projetada para ser o parceiro perfeito para ela. É assim que Alma conhece Tom (Dan Stevens), uma máquina criada exclusivamente para fazê-la feliz. O HOMEM IDEAL é um conto cômico-trágico sobre o amor, a saudade e o que torna um ser verdadeiramente humano.

Casa Gucci (House of Gucci)

2021, 157 min, EUA, Canadá, 14 anos, cor, idioma: inglês (legendado)

Direção: Ridley Scott

Elenco: Lady Gaga, Adam Driver, Jared Leto, Salma Hayek

House of Gucci é baseado na história de Patrizia Reggiani, ex-mulher de Maurizio Gucci, membro da família fundadora da marca italiana Gucci. Patrizia conspirou para matar o marido em 1995, contratando um matador de aluguel e outras três pessoas, incluindo o terapeuta. Ela foi considerada culpada e condenada a 29 anos de prisão. Quase 3 décadas de amor, traição, decadência, vingança e assassinato, o filme revela a importância e poder que o nome Gucci carrega e o quanto a família faz para ter o controle.

Sala 4

Amores expressos (Chung hing sam lam)

1994, 97 min, Hong Kong, 14 anos, cor, idioma: cantonês, japonês, inglês (legendado)

Direção: Wong Kar Wai

Elenco: Brigitte Lin, Takeshi Kaneshiro, Tony Chiu- Wai Leung

Nas ruas de Hong Kong, uma mulher misteriosa usando peruca loira, um jovem policial que a persegue em meio à multidão e uma jovem sonhadora terão seus destinos cruzados. Todos os três em um grande caleidoscópio de cores.

Anjos caídos (Duo luo tian shi)

1995, 96 min, Hong Kong, 16 anos, cor, idioma: cantonês, japonês, inglês (legendado)

Direção: Wong Kar Wai

Elenco: Leon Lai, Michelle Monique Reis, Takeshi Kaneshiro

Um hitman, homem desiludido e cansado da vida que leva, embarca no seu último trabalho e depara-se com os sentimentos de atração e desejo pela sua sexy parceira, que ele raramente vê. Pela noite de Hong-Kong e tomado pelas dúvidas sobre se é ou não correto envolver-se com a parceira, cruza caminho com um homem mudo, que vive a sua vida noturna assaltando lojas e fazendo-se passar pelos proprietários.

Sala 5

A crônica francesa (The french dispatch)

2021, 108 min, EUA, Alemanha, 14 anos, cor, idioma: inglês, francês (legendado)

Direção: Wes Anderson

Elenco: Léa Seydoux, Adrien Brody, Frances McDormand, Benicio Del Toro, Timothée Chalamet

Uma carta de amor ao jornalismo, The French Dispatch se passa num jornal americano em uma cidade fictícia da França do século XX. Esta dá vida a uma coleção de histórias publicadas na "The French Dispatch Magazine". A sinopse oficial ainda não foi divulgada. Classificação indicativa 14 anos, contém drogas, nudez e conteúdo sexual.

Matrix resurrections (The Matrix resurrections)

2021, 148 min, Estados Unidos, 14 anos, cor, idioma: inglês (legendado)

Direção: Lana Wachowski

Elenco: Keanu Reeves, Christina Ricci, Yahya Abdul- Mateen II

Matrix: Resurrections é o novo filme da franquia Matrix, continuando a saga de Neo (Keanu Reeves) em sua busca pela libertação das pessoas aprisionadas mentalmente pelas máquinas.

Em um mundo de duas realidades - a vida cotidiana e o que está por trás dela - Thomas Anderson terá que escolher seguir o coelho branco mais uma vez. A escolha, embora seja uma ilusão, ainda é a única maneira de entrar ou sair da Matrix, que é mais forte, mais segura e mais perigosa do que nunca.

Marighella

2019, 159 min, Brasil, 16 anos, cor, idioma: português

Direção: Wagner Moura

Elenco: Seu Jorge, Bruno Gagliasso, Adriana Esteves, Humberto Carrão

Comandando um grupo de jovens guerrilheiros, Marighella tenta divulgar sua luta contra a ditadura para o povo brasileiro, mas a censura descredita a revolução. Seu principal opositor é Lúcio, policial que o rotula como inimigo público.

Sala 6

Deserto particular

2021, 120 min, Brasil, Portugal, 14 anos, cor, idioma: português

Direção: Aly Muritiba

Elenco: Antonio Saboia, Pedro Fasanaro, Thomas Aquino

Daniel é um policial exemplar, mas acaba cometendo um erro que coloca em risco sua carreira e sua honra. Quando nada mais parece o prender a Curitiba, ele parte em busca de Sara, uma mulher com quem se relaciona virtualmente.

Cora

2019, 81 min, Brasil, Dinamarca, 12 anos, cor, idioma: português, dinamarquês (legendado)

Direção: Gustavo Rosa de Moura, Matias Mariani

Elenco: Vera Valdez, Fabio Marques Miguez, Sylvio Zilber

2064. Cora, uma dinamarquesa, encontra um documentário inacabado no qual Benjamim, seu pai brasileiro, tentava investigar, 50 anos antes, a história dos próprios pais dele: Teo, que morreu louco quando ele ainda era criança, e Elenir, uma mulher misteriosa de quem ele mal ouviu falar. Em sua investigação, Benjamin descobre que ambos fazem parte de um complexo quebra-cabeça familiar, cheio de traumas e tabus, no qual ele começa a se ver como uma das peças principais. O material presente no documentário de Benjamim é organizado e comentado por sua filha, na tentativa dela de compreender o passado perdido de sua família.

cine-petra-belas-artes

Deixe um comentário