Filmes

Cabeça de Nêgo, filme do cearense Déo Cardoso, estreia nos cinemas

Com uma temática sobre racismo e precarização da escola pública, filme é a estreia de Déo Cardoso na direção de longa-metragem

Diego Barbarossa

21 out, 2021

Cabeça de Nêgo, primeiro longa do cearense Déo Cardoso, estreou nesta quinta-feira (21) nos cinemas do Shopping Benfica, Cinema do Dragão e Cineteatro São Luiz, em Fortaleza, Ceará.

Com uma temática sobre preconceito e precarização do sistema escolar público, o filme acompanha a história de Saulo Chuvisco (Lucas Limeira), um estudante que, inspirado pela luta contra o racismo dos Panteras Negras, começa a buscar por mudanças em sua escola e enfrenta os diversos tipos de opressão. Assista ao trailer acima.

Em entrevista ao Estado de Minas, Déo Cardoso falou sobre como as escolas públicas são utilizadas para perpetuar a questão racial: “Muitas escolas públicas foram erguidas, inclusive arquitetonicamente, para simular prisões. Existe uma certa lógica ali que é muito excludente”.

O filme utiliza a internet como uma importante ferramenta de combate ao preconceito, e Cardoso acredita que o "mundo digital traz pontos positivos" para este combate, "através da democratização da informação".

Além de Limeira, o filme também é estrelado por Jéssica Ellen, da novela Amor de mãe, Carri Costa, Nicoly Mota e Mateus Honori.

Com a direção e roteiro de Cardoso, Cabeça de Nêgo foi contemplado pelo Edital Longa de Baixo Orçamento Afirmativo 2016, lançado pela Agência Nacional do Cinema. Além de Fortaleza, o diretor também revelou quais as cidades em que o filme irá passar. Confira abaixo:

Deixe um comentário