Parasita | 5 questões interessantes sobre o filme sul-coreano

0
parasita-filme-sul-coreano-bong-joon-ho

Longa de Bong Joon Ho é um dos favoritos ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro

Talvez você ainda consiga encontrar no cinema sessões de Parasita, filme do sul-coreano Bong Joon Ho. O longa se tornou uma sensação entre os cinéfilos e qualquer entusiasta de cinema que se prese, pela sua trama envolvente e temas relevantes apresentados.

Desse modo, separamos na lista abaixo 5 apontamentos importantes sobre o filme para você conferir:

1Conflito de classes – os parasitas

Principal tema de Parasita, o conflito de classes é o que dá o tom do filme. Os Kim são uma família pobre que lutam para não permanecerem na miséria absoluta, enquanto os Park são ricos e não precisam se preocupar com dinheiro. O conflito começa quando a família pobre começa a se infiltrar na mais rica para trabalhar.

2Globalização

Constantemente somos situados na visão elitista do que é a globalização para os sul coreanos. Tudo que vem dos EUA representa algo culturalmente superior, além de seus produtos serem muito mais confiáveis na qualidade. Ao mesmo tempo, vemos como os Park se referem aos vizinhos da Coréia do Norte de modo mesquinho, ridicularizando a forma como eles se comportam.

3Conflito de gerações

Essa é uma questão específica digna de um texto à parte. É possível observar no comportamento da família Kim, uma diferença geracional da percepção do que é o capitalismo. O pai e a mãe, ou seja, os mais velhos, vão sempre direcionar suas atitudes para coisas que representam o capitalismo industrial, visando coisas práticas como comida e trabalhos com finalidade prática. Já os filhos, principalmente o garoto, vão seguir a linha mais moderna do capitalismo financeiro, com trabalhos mais modernos e uma crença de que podem chegar ao mesmo patamar dos mais ricos.

4Disputa interna

Também vale destaque para o cenário sócio econômico montado, que motiva os mais pobres a lutarem entre si. Temos dois grandes exemplos disso ao longo do filme: primeiro com a encomenda de embalagens da pizzaria e em seguida com a ex-governanta da casa dos Park, onde os Kim passaram a trabalhar.

5Diretor

O diretor de Parasita, Bong Joon Ho, é responsável por outros dois filmes de qualidade e conhecido por alguns. O Expresso do Amanhã é estrelado por Chris Evans, que mostra de forma alegórica a divisão social que vai da base da pirâmide com os trabalhadores na miséria, até seu topo com as pessoas mais favorecidas. Já em OKJA, filme lançado exclusivamente para a Netflix, temos uma garotinha e seu super porco numa trama que aborda o consumismo global de carne sob o prisma dos maus tratos aos animais. São duas excelente dicas para você conhecer mais o diretor e como ele trabalha seus temas.

Continue no CosmoNerd para mais novidades, listas e análises da cultura pop, geek e nerd. Aproveite para se inscrever em nosso canal do Youtube, ativando as notificações para não perder nenhuma novidade em vídeo.