Os PIORES casais do mundo nerd | CosmoRank Dia dos Namorados

874
capa: casl Lannister de Game of Thrones

Listamos alguns exemplos a não serem seguidos para esse Dia dos Namorados!

O Dia dos Namorados está em evidência e mesmo que você e sua companhia não acredite em datas comerciais vamos ranquear os PIORES casais das séries e filmes já apresentados. Acreditamos e torcemos para que seu amado (a) te convença a passar essa data juntos, seja enrolados no cobertor regados a pipoca, chocolate quente e Netflix ou em qualquer outro divertimento inimaginável nesse frio (para quem é de São Paulo pelo menos). Lembrando que a lista se baseia em opinião, com pouca base técnica e critério algum.

Thor e Jane Foster | Thor

Fraco romance entre Thor e Jane Foster no primeiro filme

A cada dez pessoas que consideram o primeiro Thor um filme cheio de problemas, dez acham que esses defeitos estão nos momentos onde o longa se passa na Terra. E é nesse planeta azul que se desenvolve o amor entre Jane Foster e o protagonista. Apesar da personagem alívio cômico de Kat Dennings não ajudar muito, a personagem de Nathalie Portman não possui tanto carisma, tornando suas motivações (e por consequência relações) rasas. Não podemos culpar, no entanto, uma personagem por ficar gamadona num Deus, mas quando se trata desse nível de atriz esperamos muito mais.

Cersei e Jamie Lannister | Game of Thrones

O casal de irmãos na série game of thrones

A premissa do casal de irmãos Lannister é a mesma tanto na série de TV quanto nos livros de Game of Thrones. Sem querer julgar muito, mas o incesto não é tão bem visto em nossa sociedade, e para manter esse caso em segredo valeu até derrubar um garotinho torre abaixo (deixando-o paraplégico após dias em coma). E pra ser sincero, as coisas não melhoram quando lembramos que dessa relação foram gerados os reis Tommen e Joffrey. Parabéns aos envolvidos.

Jessica e Killgrave | Jessica Jones

Poster de Jessica Jones

Para todos os efeitos, Jessica Jones (Krysten Ritter) e Kilgrave (David Tennant) eram um casal. Mas acontece que o vilão da série possuía o dom da persuasão, e comprovadamente usou suas habilidades para forçar a relação com a protagonista. E quando o ato não é consensual, isto é, sem a permissão da mulher, passamos a falar sobre estupro. Além do sexo, esse asqueroso ser também a forçou a cometer crimes como assassinato, deixando traumas psicológicos irreversíveis em Jessica Jones.

Joey e Rachel | Friends

Joey e Rachel na série Friends

O romance entre amigos é um caminho perigoso (mas aparentemente inevitável) para as séries de comédia estadunidenses. Às vezes dá certo (Monica e Chandler), mas ao mesmo tempo possui potencial catastrófico conforme a inabilidade de quem cria as histórias. Em Friends, teve um período em que Rachel (Jennifer Aniston) e Joey (Matt LeBlanc) “resolvem” se apaixonar. NÃO! Péssima decisão. A falta de química entre os dois era nítida mesmo na atuação do casal, e a reação de Ross (David Lawrence Schwimmer) quando descobre tudo? Aquilo não foi engraçado, mas sim desconexo com qualquer lógica. Seria como se o Ted se apaixonasse pela Lilly em How I Met Your Mother.

Will Turner e Elizabeth | Piratas do Caribe (trilogia)

O casal de Piratas do Caribe

William Turner (Orlando Bloom) e Elizabeth (Keira Knightley) formavam um casal bacana no primeiro Piratas do Caribe. O problema foi depois, quando foram prejudicados por roteiros bagunçados em “O Baú da Morte” e “No Fim do Mundo” e se tornaram um dos casais mais anticlímax do cinema. O maior exemplo disso foi quando eles decidiram se casar no auge da grande batalha do terceiro filme.

Viúva Negra e Hulk | Vingadores – Era de Ultron

Hulk e Viuva Negra em Vingadores - Era de Ultron

Vingadores – Era de Ultron foi um tanto decepcionante. A fraca percepção de importância para os acontecimentos na tela se refletiram no romance criado para Natasha Romanov (Scarlett Johansson) e Bruce Banner (Mark Ruffalo), algo inexistente nas páginas dos quadrinhos. Não prejudicou o que já era ruim no filme, mas também não contribuiu.

Lois Lane e Superman | O Homem de Aço

Superman e Lois se beijando ao final de Homem de Aço

É possível comprar a ideia de que Lois Lane (Amy Adams) tenha tanta importância na trama de Homem de Aço. A jornalista representa o disfarce do super-herói para quando for Clark Kent, o outro lado da moeda do Superman (Henry Cavill). A união entre dois grandes opostos: ser humano e kryptoniano. O problema é quando o diretor do filme considera mais importante o beijo do casal do que milhares de prováveis mortos e feridos depois da brutal batalha entre Zod (Michael Shannon) e o protagonista. Já imaginou um dia dos namorados enquanto uma cidade inteira é destruída ao seu redor?

Tauriel e Kili | O Hobbit – A Desolação de Smaug

Tauriel no final de O Hobbit

“Seria legal se nessa grande aventura mostrássemos diversidade com um amor platônico  entre um anão e uma elfa”, pensaram os produtores de O Hobbit. O grande problema desse romance é o fato de ser inserido por necessidade mercadológica na trama antes de tudo, pois a história precisava de empatia com o público feminino (isso no julgamento dos produtores). O resultado foi algo vazio e desnecessário, subaproveitando todo o potencial que a personagem de Evangeline Lilly possuía. O que também não pode é atacar a atriz de forma inapropriada como alguns haters e pseudo-fãs fizeram (até petição pedindo que Peter Jackson matasse a personagem foi criada). Não gostar de algo não lhe dá o direito de ofender as pessoas, certo?

Um feliz Dia dos Namorados a todos os casais, e não façam como os exemplos acima. Aproveite e confira nosso CosmoRank com os MELHORES casais das séries e filmes para esta data especial.

Continue ligado no CosmoNerd para mais novidades e análises da cultura pop, geek e nerd. Diariamente publicamos conteúdo em áudio, vídeo e texto sobre filmes, séries, quadrinhos, livros e games.

Publicidade