Os Erros e Acertos de Batman Vs Superman

822
Capa do filme com Superman e Batman se olhando

A internet está dividida, e não estamos falando da briga política do país. Batman Vs Superman estreou e com ele vieram muitas polêmicas… o filme é realmente esse lixo todo que estão falando? É algo inovador que vai ser estudado no futuro? Ou é só mais um filme de heróis? Sem querer entrar muito nessa treta, vou apontar aqui o que eu acho bom e ruim do filme. Fiquem cientes que essa opinião é de alguém que acha que ele merece nota 7,5. Eu curti, mas reconheço seus problemas e não acho isso tudo.

Essa publicação contém SPOILERS sobre o filme.

Os Erros

1 – A Montagem Horrível

Para mim, o grande erro do filme é que ele é muito mal editado. Cenas são cortadas no meio, são mal explicadas e o ritmo é muito ruim. Algumas cenas importantes para entender a motivação do Lex foram cortadas e outras como aquele sonho maluco do Batman são muito longas, não dá pra entender. Já foi dito que tem mais meia-hora de filme para a versão estendida e acredito que se o longa tivesse sido montado um pouco mais com cuidado o resultado seria melhor. Lógico que nenhuma mágica seria feita, mas com certeza dá pra melhorar. A edição é um dos principais pilares do audiovisual, e com uma montagem mal feita o filme fica confuso e com um ritmo péssimo, por mais que a história seja boa, não tem como contar uma boa história com uma má edição.

2 – O Plano Confuso de Lex Luthor

Esse aqui é complicado, pois é algo que permeia todo o filme e de extrema importância. Não vou entrar em muitos detalhes aqui mas é quase que unanimidade que o plano do Zuckeberg ficou confuso, uma hora ele queria matar o Superman, depois queria matar o Batman…mas ele tá puto com eles porque mesmo? E aquelas balas? Ele deixou o Batman roubar a criptonita, ou foi algo inesperado. Então porque não entregar logo para ele de cara? E depois de toda essa confusão, o estopim da guerra dos dois heróis foi somente pra salvar a mãe do Clark.

Dito tudo isso, gostaria de apontar também que o plano em si faz mais sentido quando você assiste pela segunda vez. Ou seja, mais uma vez, o problema não é exatamente com o roteiro em si, mas como a história foi montada e contada.

3 – A Incapacidade do Zack Snyder de ser Sutil

 

Uma mulher com a mão para cima olhando o Superman voando contra o sol
Eu entendi a referência!

Snyder é um diretor fraco. É um diretor de videoclipes. O cara manja muito de visual, fotografia e som, mas ele não sabe contar uma história. Ele não sabe inserir sub-texto, tudo que deveria ser colocado como metáfora fica tão jogado na sua cara que você se sente um burro. Tá bom Snyder, eu já entendi que Superman é uma metáfora para Jesus Cristo!! Não precisa dizer isso de novo!

4 – Muitos plots, plots por toda parte

Isso é um grande problema de conceito. Quem acompanha a produção desse filme sabe que a ideia mudou bastante desde a sua concepção. Era pra ser uma continuação do Superman, aí depois ia ter o Batman…aí depois virou um filme do Batman COM o Superman, mas no final tinha que introduzir a Liga da Justiça, então tem que ter a Mulher Maravilha, etc…. Vi em algum lugar que tem pelo menos 5 histórias dos quadrinhos inspirando essa obra. E mais uma vez voltamos para o problema do filme ser confuso, por que além de fazer uma história mais séria e com temas mais complexos, os caras ainda tem que contar mais 4 histórias porque elas são legais… Fora isso, a introdução do filme da liga ficou deslocada e super confusa, o público que não lê quadrinhos deve ter ficado totalmente perdido.

5 – Foco na Porrada

Batman de costas encarando Superman, ambos com pose de luta

Fica claro que no longa tem umas questões muito interessantes, vou falar delas mais tarde. Mas infelizmente o filme não as desenvolve bem, procurando focar mais nas cenas de ação e num visual bonito. Eu fiquei muito puto na cena da audiência do Superman, onde deveria ter uma grande discussão e temas interessantes sendo abordados. Mas o filme literalmente explode a cena e tudo vai por água abaixo, é uma cena importante e até boa, mas é triste que um filme que promete ser mais sério não focar no texto, e sim na ação.

Acertos

1 – Trilha Sonora Maravilhosa

Uma grata surpresa. Produzida por Hanz Zimmer (Trilogia Batman do Nolan) e Junkie XL (Mad Max: Estrada Furiosa) a trilha é pesada, agressiva, densa e assustadora. Consegue passar muito bem o clima meio deprê do filme mas mesmo assim com muito impacto e heroísmo quando necessário. Tirando o tema do Superman, que acho meio sem graça, todas os temas dos outros personagens são fantásticos, principalmente o da Mulher Maravilha, que você confere abaixo.

Aqui tenho que dar parabéns a Zack Snyder pois ele é um cara que sabe trabalhar muito bem com o som nos seus filmes, principalmente com uma equipe tão boa para fazer essas músicas. Toda a trilha está disponível no Spotify, corre lá!

2 – Mulher Maravilha <3

Ela aparece pouco. Ela nem devia estar lá no roteiro original. A internet zuou a Gal Gadot por muito tempo. Mas esquecemos tudo isso quando somos introduzidos à Mulher Maravilha no filme. O pouco que ela aparece já rouba a cena, desde a sua primeira aparição com roupas civis e principalmente quando ela aparece com seu uniforme. Ela é porradeira, ri enquanto luta e tem muita atitude. Gadot está de parabéns por ter literalmente laçado o filme com seu laço da verdade com tão pouco tempo de tela, seu pra me empolgar mais ainda com seu filme solo que está chegando. E por mais que aquela cena de ação do final tenha sido enfiada no filme à força, foi muito gostoso ver a trindade lutando juntos.

Voltando a falar de trilha sonora, confiram a trilha dela no filme acima, a melhor música na minha opinião

3 – Batfleck

Batman de armadura olhando para cima

Agora tenho que bater na boca. Eu fui um dos milhares que xingou muito no twitter quando Ben Affleck foi escolhido como Batman. Um dos meus heróis favoritos sendo interpretado por um dos atores que menos gosto… Eu ainda não curto ele, acho um ator bem mediano (apesar de ser um puta diretor), mas tenho que concordar que ele fez um ótimo Batman, talvez seja porque é um personagem que não exige um range dramático muito grande do ator, mas o que importa é que funcionou. De primeira me incomodou esse Batman que atira nos bandidos (sério, ele matou uma galera ali), mas dá pra perceber que esse é um Batman que já passou por muita merda na vida, ele não tem mais paciência e tá super bruto. Claramente inspirado em Cavaleiro das Trevas de Frank Miller, é um Batman velho e cansado, com fortes tendências fascistas e muito agressivo. O visual da roupa não tava legal na divulgação mas no filme funcionou muito bem, bem como a armadura. E o longa faz um ótimo papel de introduzir o personagem com seus atos heroicos na primeira cena do filme.

4 – O Estilo Zack Snyder

Superman olhando para o horizonte enquanto pessoas no Dia dos Mortos tentam tocar nele

Já falei ali atrás que Snyder é um diretor limitado. Mas o cara sabe trabalhar muito bem com audiovisual. BvS tem muitas cenas lindas e bem dirigidas pelo ponto de vista técnico. O cara sabe trabalhar muito bem não só com a imagem, mas com o som também. Algumas coisas que achei bem interessantes: A origem do Batman, o fato de que o Superman quebra a barreia do som toda vez que voa dando um ar de terror a sua figura, a linda cena do enterro do Superman, a luta entre os dois heróis, a entrada do Super no capitólio…dentre outros, o filme pode ter um roteiro e montagem confusos, mas é um amarrado de várias ótimas cenas, com uns diálogos bem executados também.

5 – Temas Sérios

Apesar de não focar muito nisso, o filme tem temas bem interessantes a ser discutidos. Todo o fato da humanidade agora saber que existe vida lá fora, de ter um ser superpoderoso entre nós que pode fazer o que quiser e outros. Eu não tinha curtido direito o Superman de O Homem de Aço, mas agora finalmente encontraram o tom certo para o personagem. Ele é um iniciante, ainda está aprendendo a ser um herói e por isso faz muita cagada, em contraponto temos um Batman que já tem muitos anos de luta e acha que os modos dele são corretos, cada vez mais agressivo. Clark, como dito no filme, é só uma pessoa comum tentando ajudar, e que não está aguentando toda essa pressão em cima dele, tanto que ele passa o filme todo cabisbaixo, sem ter muita ação.

As referências bíblicas, apesar de jogadas na nossa cara, são bonitas de se ver. A jornada de Kal se assemelhando a de Jesus nos faz entender melhor como aquele homem que veio para nos salvar, está se sentido com todos o chamando de vilão, tendo que morrer no final para ser reconhecido. Tudo isso encaixa muito bem com o tom “dark” do filme, você sai meio incomodado e triste. Ninguém disse que filmes de heróis precisam ser divertidos e para cima.

Ponto Mais ou Menos – Lex Luthor

Lex Luthor sentado olhando para a câmera

Esse foi um ponto que me deixou dividido. Por mais que eu tenha curtido a persona que Jesse Eisenberg criou para o Luthor no filme, cheio de falhas e frases de efeito divertidas, fico incomodado pois aquele Lex não é o que eu realmente gosto. Luthor é um executivo bem sucedido que quer poder a todo custo e vê no Superman uma ameaça à supremacia humana, e não um filhinho de papai dono de Startaup… Mais uma vez, eu curti a persona e a maldade do personagem, só não é o Luthor que eu geralmente gosto. E essa desculpinha de ele ser o filho do Luthor não cabe, por que isso não acrescenta em nada no filme.

Conclusão

Então galera, esses foram os pontos que achei do filme. Não acho uma obra fantástica, mas também não é esse lixo todo que estão pintando. É bom lembrar que poucos filmes de super heróis são realmente fantásticos. A Marvel, por exemplo, possui muitos filmes medianos que a crítica gosta de exaltar. Parafraseandoo Lex Luthor do filme, aconteceu um efeito Ícaro aqui, a DC quis voar muito perto do sol e acabou caindo na desgraça. A Marvel não promete filmes complexos e sérios, ela promete filmes divertidos e descompromissados, por isso exige-se bem menos dela. Batman Vs Superman tinha tudo para ser um filme grandioso mas acabou sendo um filme somente legal, e acredito que isso desapontou muita gente.

O que você achou do filme? Coloque sua opinião nos comentários!

Publicidade