Dia dos Pais: Os 8 MELHORES pais do mundo nerd

790

Nesse Dia dos Pais, listamos 8 dos melhores pais que povoam nossa cultura pop

Dia 14 de agosto é celebrado o Dia dos Pais, e antes que você pense que pode dar conta do recado, listamos oito exemplos presentes na cultura pop de como não educar seus filhos. Boa sorte.

Ted Mosby

Ted com seu guarda-chuvas amarelo

O grande lance da série How I Met Your Mother é a busca de Ted Mosby (Josh Radnor) pelo amor de sua vida, a garota com a qual ele poderá realizar seus sonhos de se casar e formar uma família. Sendo assim, é seguro afirmar que ele se tornou um bom pai, pois quando a série avança para 2030 vemos seus filhos bem, talvez um pouco entediados pela longa história dele contando como conheceu a mãe (durou nove temporadas). Ted pode se exceder na conversa sobre arquitetura, mas nunca fugiria de suas responsabilidades.

Don Corleone

Al Pacino e Marlon Brando em O Poderoso Chefão

Esse é dos bons tempos, onde ser mafioso poderia ser considerado algo romântico por alguns. Vito Corleone (seja através de Robert De Niro ou Marlon Brando) possuía a sabedoria suficiente para não deixar a ambição atrapalhar sua vida, se destacando num cenário de grande miséria para os italianos que foram aos EUA ganhar a vida. Homem honrado, ao seu modo pôde dar aos filhos uma realidade muito melhor do que seria caso deixasse as coisas acontecerem naturalmente.

Harry Morgan

Harry Morgan e seu filho dexter

Se antever a um problema pode ser a coisa mais inteligente e elogiável quando se trata de paternidade. O que Harry Morgan (James Remar) fez foi extraordinário: percebeu traços de psicopatia no filho Dexter (Michael C. Hall), e teve coragem suficiente para orientá-lo a não fazer isso com pessoas verdadeiramente inocentes. Infelizmente sua humanidade não foi capaz de suportar a própria cria, levando Harry a tirar a própria vida, mas o personagem está presente de forma constante em Dexter ao longo das oito temporadas da série.

Julius

Julius e Roxelle

Seja em Todo Mundo Odeia o Chris ou em qualquer outro programa, encontrar um pai mais dedicado que Julius (Terry Crews) é uma tarefa difícil. Mesmo não sendo tão presente quanto gostaria, é quase sempre dele que Chris (Tyler James Williams) e seus irmãos ganham aquela ajuda essencial para tomar uma grande decisão ou então concertar um erro cometido. Isso sem contar na incrível competência em controlar seus gastos e conseguir manter múltiplos empregos para sustentar a casa com Roxelle (Tichina Arnold).

Tio Ben

Tio Ben

Às vezes o papel de pai não é exercido por quem de fato forneceu a semente para o ato. Tio Ben (ou Benjamin Parker) foi um verdadeiro pai para Peter Parker, e assim como sua morte é algo imutável nas histórias do Homem-Aranha (seja nos filmes ou nas HQs) seu principal ensinamento também é o que define o super-herói mais popular de todos os tempos: “com grandes poderes vem grandes responsabilidades”. Tal sabedoria serve para qualquer tipo de pessoa, e o mundo seria um lugar bem melhor se todos a absorvessem. Faltam pais como tio Ben no mundo.

Adam Sandler

O paizão

Se existe uma certeza universal (além da morte, é claro) é que Adam Sandler irá lançar um filme ruim o mais cedo que você pensa. Incrivelmente carismático, o comediante tem usado seu prestígio para estrelar filmes cada vez piores como Pixels, Os Seis Ridículos e Gente Grande. Porém, há muitos anos o ator nos deu um ótimo exemplo de como seria sua versão paterna em O Paizão. Grande parte da qualidade do filme podemos atribuir ao seu “filho” Julian Frankenstien, que faz de forma competente o papel de criança fofinha.

Marlin

Nemo e seu pai

Os defeitos de Marlin em Procurando Nemo são absolutamente compreensíveis. Perdeu praticamente toda sua família num ataque, incluindo aí sua esposa e diversos filhos, sobrando apenas nosso querido protagonista. Esse trauma fez dele um pai excessivamente cuidadoso, sempre com um medo que beirava a esquizofrenia e o pior de tudo, sem manter diálogo algum com seu guri sobre crescer e se tornar alguém melhor. Mas ele foi forçado a se superar quando Nemo foi raptado, enfrentando tubarões, água-vivas e meio oceano para recuperar seu filho com a ajuda de Dory.

Kratos

O novo Kratos

Um dos grandes destaques da E3 2016, o novo God of War chamou a atenção por mostrar o tão famoso Kratos agora ambientado na mitologia nórdica ao invés da grega, algo já esperado de acordo com os rumores da época. Mas nada foi mais significativo durante o trailer apresentado do que ver o Fantasma de Esparta na condição de pai. E  o mais incrível: um bom pai! Sim, ele pode ser duro e pouco carinhoso com o guri mas ao mesmo tempo é justo, protetor e ensinador. O viés paterno deve permear a jogabilidade durante o jogo todo, onde o protagonista deverá interagir e proteger seu filho.

Gostou da lista? Acha que falta algum exemplo de pai nela? Conte-nos abaixo nos comentários, ou mande sua sugestão de lista para contato@cosmonerd.com.br. E não deixe de conferir nosso CosmoRank com os PIORES pais da cultura pop!

Publicidade