CosmoNerd

29 out, 2016

Filmes

Mais uma etapa do Universo Cinematográfico da Marvel chega aos cinemas com muita expectativa.

D

outor Estranho mostra um novo lado dos super heróis da Casa das Ideias: místico e um pouquinho mais realista. Mas é claro, sem prejudicar a forte marca que a Marvel Studios vem construindo em seus filmes anteriores. Ação bem coreografada mesclada com alívios cômicos ainda estão presentes.

O longa introduz muito bem o personagem Stephen Strange e seu universo. O roteiro consegue nos explicar as novidades sem se apoiar em muitas referências aos filmes ou heróis anteriores, o que faz de Doutor Estranho uma produção que se sustenta sozinha (e muito bem, por sinal).

strange2

Benedict Cumberbatch traz ao protagonista um pouco do seu humor sarcástico que vemos em outros papéis do ator, como por exemplo na série Sherlock. A jornada de Strange é cativante, e Cumberbatch faz um ótimo trabalho mostrando sua evolução e redenção ao longo do filme.

Destaque também para Tilda Swinton no papel da Anciã. Sua postura nos faz acreditar completamente em todo o poder que a personagem possui.

Mads Mikkelsen como Kaecilius não impressiona. Além da sensação de que existe um mal muito maior que seu personagem, a atuação não traz nada de novo ou cativante.

E será que precisamos mesmo falar dos efeitos visuais? Altamente recomendável que seja visto em IMAX, o filme propõe uma experiência quase que imersiva em muitas das cenas de ação. Se você gostou de A Origem, prepare-se para um outro nível de loucura.

Doutor Estranho deixa um gosto de quero mais e expetativas ainda maiores para sua próxima aventura!

strange3

Deixe um comentário