Estou Pensando em Acabar com Tudo - Netflix
Filmes

Estou Pensando em Acabar com Tudo: final explicado

Diego Barbarossa

10 set, 2020

Lançado pela Netflix na primeira semana de setembro de 2020, Estou Pensando em Acabar com Tudo é um daqueles filmes que grande parte vai odiar ou grande parte vai curtir. Não tem como saber.

O filme é baseado no livro de Ian Reid, lançado no Brasil em 2017 pela editora Fábrica 231, e possui a direção de Charlie Kaufman - roteirista e vencedor do Oscar por Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças -, e deixou muita gente no Twitter indignada com tudo o que o trailer apresentava e o produto final que foi à plataforma. De longe, o filme não é nem um pouco ruim, mas esse aqui não é o ponto - leia a nossa crítica.

Ao chegar no final do filme, muita gente ficou se perguntando ou conversando com alguém sobre o que havia acabado de assistir. E aqui irei tentar esclarecer, em três partes, algumas coisas sobre este confuso, mas belo novo filme de Kaufman.

ALERTA DE SPOILERS

Lucy/Louisa

O namoro da Lucy com o Jake nunca aconteceu, nunca existiu. O fato dela sempre estar mudando de roupas, de nome, de profissão, aparentar uma gagueira ou até mesmo ter certezas diferentes sobre um mesmo acontecimento, revela um pouco sobre isso. O Jake sempre foi um homem solitário, e viu uma mulher, supostamente parecida com a Louisa ou Lucy - ou seja lá que nome for -, em um bar e imaginou tudo o que vimos - transformando a figura feminina em algo que ele idealizava: uma pessoa companheira e inteligente.

A casa e seus pais

O filme inteiro se passa em ambientes onde a neve é algo presente. O frio e a solidão é um dos pontos principais do filme também. Ao contrário da casa que tem tons mais quentes e sombrios, todo o resto traz uma iluminação mais apática, fria e nada aconchegante, mostrando como ele imaginava a casa onde cresceu e viveu. A relação do personagem com seus pais também é algo que muda a todo momento, pois ele gostaria de ter tido uma melhor relação com estes. Eles foram figuras importantes na vida de Jake, mas não como ele gostaria. Lucy estar na casa em diversos momentos temporais, mostra como o personagem sonhava em ter uma companhia para dividir todos aqueles momentos.

Zelador

O zelador que aparece em algumas partes do filme é o Jake. A casa que conhecemos já é um local mais velho, sombrio, que nem o protagonista. Ele vivia ali somente com as lembranças de seus pais. Estou Pensando em Acabar com Tudo é uma frase que casa com o final, pois vemos que o inteligente zelador acaba cometendo suicídio, quando vemos que o carro dele nunca saiu da escola e uma nevasca acontecia - o que é diferente do que ocorre no livro.

--

Recentemente, a Netflix divulgou um vídeo em que Toni Collete, Jessie Buckley, Jesse Plemons e até Kaufman falam um pouco sobre o significado do filme. Confira abaixo:

Deixe um comentário