O texto a seguir contém SPOILERS de Corpo Fechado e Fragmentado!

Em 14 de novembro de 2000, muitos anos antes de Marvel e DC lutarem no cinema pelo nosso suado dinheiro, M. Night Shyamalan mostrava ao mundo seu super-herói. Mais humano do que propriamente super, David Dunn (Bruce Willis) era a forma como o diretor imaginou que alguém dotado de habilidades especiais se comportaria em nossa sociedade.

Como todo herói que se preze, David também possuía um nêmesis: Elijah Price, o Senhor Vidro, vivido por Samuel L. Jackson. Elijah carregava consigo um pensamento facilmente presente em HQ’s: se eu sou tão frágil assim, deve existir alguém indestrutível por aí. Desse modo, arquitetou e executou terríveis planos para encontrar seu oposto, ceifando a vida de centenas de pessoas. Até que seu caminho cruzou com o de David. O resto, como dizem, é história.

Eis que quase 17 anos depois, M. Night Shyamalan lança Fragmentado. O que já caminhava para ser um ótimo filme por si só, de repente mostrou-se parte de um universo ainda maior. E que convenhamos, ninguém esperava. Após Kevin (James McAvoy) escapar da cena do crime, os noticiários começaram a divulgar seus terríveis atos, apelidando-o de A Horda, por conta de suas 23 personalidades. Enquanto algumas pessoas estavam chocadas, outras pareciam lembrar de algo que rolou num passado distante. Um homem que também foi capaz de grandes maldades. Então, de forma discreta, David Dunn refresca a memória da cliente: “Senhor Vidro” diz ele. Toma um gole de café e olha para a TV com uma expressão de preocupado. Boom!

Leia também: Fragmentado: M. Night Shyamalan raiz

Quem nunca assistiu Corpo Fechado viu apenas Bruce Willis tomando café. Aqueles que já assistiram talvez não tenham ficado eufóricos, mas a verdade é que esses preciosos segundos abrem um leque bastante interessante de possibilidades. E mais, mostram que a mente de Shyamalan está afiada novamente.

Aqui ele expande uma ideia de universo compartilhado que nasceu em Corpo Fechado. Elijah acreditava que existia alguém extraordinário por aí, vaga preenchida por David. Mas agora temos a confirmação de que outras pessoas dotadas de habilidades incríveis caminham entre nós. Ainda que apenas o lado maligno tenha sido abordado.

M. Night Shyamalan contou que as personalidades de Kevin foram escritas 17 anos atrás, mais ou menos no mesmo período em que Corpo Fechado foi lançado. Ou seja, já estava tudo planejado. Ele também nunca escondeu que muito material não foi aproveitado na época do lançamento do primeiro longa desse universo. Coisas que agora ele irá aproveitar quando for produzir AQUELE filme que você já imagina. Aliás, nosso sempre certeiro Édipo Pereira jogou algumas ideias sobre isso nesse baita texto.

Ao final de Fragmentado, A Fera – que assumiu o comando das outras personalidades – conseguiu fugir e deixou no ar a promessa de que mostrará ao mundo o quanto eles são poderosos. Pensando no universo compartilhado, nada impede que o Senhor Vidro dê o ar da graça direto do sanatório para onde foi enviado. Sua inteligência e a crueldade da Fera formam uma combinação mortal.

Pode parecer algo pesado até mesmo para David, por isso existe uma possibilidade interessante também presente em Fragmentado: Casey (Anya Taylor-Joy). O destino da garota não ficou muito claro, já que não ela não pareceu muito feliz com a ideia de voltar para a casa do padrasto e a policial que deu a notícia captou a tensão no ar. Teria ela ido para outro lugar?

Casey já viu e sofreu com o pior do mundo em poucos anos de vida. Fatos que poderiam jogá-la facilmente para o outro lado. Mas a presença de David pode ser um fator determinante para colocar um pouco de luz em seu mundo. E seria uma ajuda interessante nessa missão.

M. Night Shyamalan deixou claro que pretende retomar a história de Kevin em outro momento, focando em uma abordagem diferente para Corpo Fechado 2. Mas a mente desse indiano maluco não funciona de maneira linear, então conjecturar é sempre algo complicado. De qualquer forma, Shyamalan agora possui seus monstros e seu super-herói. Que venham os plot twists.