Filme do diretor Terry Gilliam, O Homem que Matou Dom Quixote levou 30 anos para ficar pronto

Em maio, o filme “O Homem que Matou Dom Quixote” finalmente estreará nos cinemas brasileiros, após quase três décadas em produção. A gloriosa aventura, recheada de comédia e com um toque certo de drama e fantasia, conta a história de Toby, um diretor de cinema desiludido que é levado para uma aventura onde fantasia e realidade se misturam quando um sapateiro espanhol que acredita ser Dom Quixote o confunde por Sancho Pança.

Desde que o diretor e roteirista Terry Gilliam (“Monty Python em Busca do Cálice Sagrado”, “O Mundo Imaginário do Doutor Parnassus”, “Os 12 Macacos”, “Brazil: O Filme”) teve a ideia para a obra, baseada no icônico livro de Miguel de Cervantes, foram incríveis 30 anos até que ela ficasse pronta. Durante esse período, foram nada menos que dez tentativas de realização do projeto e um número ainda maior de problemas enfrentados, em uma das produções mais conturbadas da história do cinema.

O Homem que Matou Dom Quixote” fez parte da seleção oficial do Festival de Cannes e também da Mostra Internacional de São Paulo. Adam Driver (“Star Wars”, “Infiltrado na Klan”, “Girls”) vive o protagonista Toby, enquanto no papel de Dom Quixote está Jonathan Pryce (“Game Of Thrones”, “A Esposa”, “Piratas do Caribe”). Completam o elenco Olga Kurylenko, Stellan Skarsgärd e Joana Ribeiro.

Continue ligado no CosmoNerd para mais novidades da cultura pop, geek e nerd!