Brightburn: Filho das Trevas está entre nós, trazendo o primeiro filme de horror super-herói, subgênero que o longa produzido por James Gunn se propôs a criar. Dirigido por David Yarovesky e escrito por Mark Gunn e Brian Gunn (irmão e primo de James), o projeto se mostrou bastante positivo e certamente ganhará uma continuação, pois seu orçamento foi bastante modesto ficando na casa dos US$ 7 milhões.

O filme mostra uma origem semelhante ao super-herói mais clássico de todos os tempos, o Superman, com sua chegada de outro planeta para uma zona rural, pais adotivos e desenvolvimento de habilidades como super força, agilidade, voo e visão de calor. Porém, todo esse poder acabada sendo usado para dar vasão a cenas de maldade. [SPOILERS A PARTIR DAQUI]

Ao final, temos o protagonista Brandon Breyer (Jackson A. Dunn) com plenos poderes e totalmente transformado em um ser maligno quando sua mãe adotiva, Tori (Elizabeth Banks), tenta uma última cartada para dar fim ao seu filho. Para o seu azar – e da humanidade – ela falha miseravelmente.

O que vemos a seguir é a proliferação de ataques que deixam a marca de Brandon, mas é nesse ponto que as coisas mudam um pouco. O programa conspirador do personagem de Michael Rooker, The Big T, passa a citar a ameaça em Brightburn no Kansas. Mas vemos então descrições que dão a entender que não é apenas Brandon que está espalhando o terror por aí, devido às descrições dos ataques, que remetem a outros dois super-heróis da DC Comics.

Primeiro é a Mulher-Maravilha, ao citar um caso do uso de cordas que a pessoa usou ao cometer seus crimes. O segundo é o Aquaman, quando é mencionado ataques envolvendo o mar.  A chamada encerra com diversas imagens surgindo na tela, onde é possível identificar até símbolos famosos como o raio do Flash.

Desse modo, é prudente esperar uma versão maligna da Liga da Justiça, caso as ambições de James Gunn e sua turma sejam concretizadas. Brightburn: Filho das Trevas é distribuído pela Sony Pictures.

Leia aqui nossa crítica do filme.

Continue no CosmoNerd para mais novidades, listas e análises da cultura pop, geek e nerd. Aproveite para se inscrever em nosso canal do Youtube, ativando as notificações para não perder nenhuma novidade em vídeo.