Sonny Chiba
Filmes

Sonny Chiba, de Kill Bill, morre em decorrência da Covid-19

Ator ainda não havia sido vacinado

Diego Barbarossa

19 ago, 2021

O ator e artista marcial Sonny Chiba, de 82 anos, faleceu nesta quinta-feira (18) após ser internado por conta de complicações da Covid-19.

Segundo o Kyodo News, Chiba estava internado desde o dia 8 de agosto. Ele havia sido diagnosticado com o novo coronavírus no final de julho, e acabou desenvolvendo uma pneumonia na semana seguinte, que foi agravada pela Covid-19, levando-o a internação no hospital localizado em Kimitsu, província de Chiba, no Japão. Ele ainda não tinha sido vacinado.

Sonny Chiba ficou conhecido no Japão por suas atuações nas séries Key Hunter e Shadow Warriors, exibidas na década de 1960. Exímio artista marcial, ele esteve em diversas produções orientais, como Golgo 13: Assignment Kowloon, lançado em 1977, e baseado no mangá de Takao Saito, além de The Street Fighter (1974), A Conspiração do Clã Yagyu (1978), Comando Samurai (1979), dentre outras séries e filmes.

Ele também fez diversas participações em produções bastante conhecidas, como Velozes e Furiosos: Desafio em Tóquio, Battle Royale II: Requiem e Kill Bill, de Quentin Tarantino, onde atuou como Hattori Hanzo.

Chiba foi faixa preta em Judô, Kendo, Ninjutsu, Kyokushin, Goju-ryu e Shōrinji kenpō. Ele também foi um dos fundadores da organização Japan Action Club, que tem como objetivo ajudar no desenvolvimento das artes marciais para produções audiovisuais.

Deixe um comentário