Jujutsu Kaisen - Crunchyroll
Animes e Mangás

Jujutsu Kaisen | Anime ganha novo trailer pela Crunchyroll

Diego Barbarossa

4 set, 2020

Depois do anúncio da data de estreia de Jujutsu Kaisen no Japão: 2 de outubro. A Crunchyroll anunciou que a adaptação da obra de Gege Akutami também estará disponível para os brasileiros na mesma data de lançamento, e já divulgou um novo trailer pelo Twitter. Confira abaixo:

A produção é do estúdio MAPPA – conhecido por Yuri on Ice, Inuyashiki, Dororo, Banana Fish, Dorohedoro e o mais recente lançamento do selo Originals da Crunchyroll: The God of High School. Jujutsu Kaisen conta com a direção de Sunghoo Park (The God of High School), roteiro de Hiroshi Seko (Vinland Saga, Banana Fish) e design dos personagens por Tadashi Hiramatsu (Yuri on Ice).

A história acompanha Itadori Yuji, um colegial com habilidades físicas surpreendentes que acaba envolvido em uma trama onde humanos com poderes únicos, os xamãs, lutam contra as temidas maldições espirituais:

Sofrimento, arrependimento, vergonha: os sentimentos negativos dos humanos tornam-se Maldições que assolam o nosso dia-a-dia. Maldições avassalam o mundo todo, levando as pessoas a sofrer terríveis acidentes, levando até mesmo à morte. E pra piorar, Maldições só podem ser exorcizadas por outras Maldições. Itadori Yuji é um garoto com tremenda força física que leva uma vida colegial absolutamente normal. Certo dia, para salvar amigos que estavam sendo atacados por Maldições, ele engole o dedo do Ryomen-Sukuna, absorvendo sua Maldição.

Desse momento em diante, Gojo e o Ryomen-Sukuna compartilham o mesmo corpo. Orientado pelo mais poderoso dos feiticeiros, Gojo Satoru, Itadori se matricula no Colégio Técnico de Feitiçaria de Tóquio, uma organização que combate as Maldições… e assim começa a heróica lenda do garoto que tornou-se uma Maldição para exorcizar uma Maldição, uma vida da qual ele nunca mais conseguirá se desvencilhar“.

Em publicação desde 2018 pela revista Shonen Jump, o mangá de Jujutsu Kaisen já possui cerca de 11 volumes lançados no Japão, e em junho de 2020 já atingiu a marca de 6.5 milhões de cópias em circulação. No Brasil, a editora Panini começou a publicar o mangá.

Deixe um comentário