A Netflix é cheia de pérolas escondidas, muitas vezes as obras fora dos EUA ou de Hollywood. E Top of the Lake é um ótimo exemplo disso, uma série de produção Nova Zelândia e Reino Unido que foi aplaudida em Sundance e está disponível completa para ver na plataforma de Streaming.

A série acompanha a jornada da detetive Robin que volta para sua cidade natal investigando o desaparecimento de uma jovem, o plot se complica quando a família problemática da moça é envolvida junto com um grupo de mulheres misteriosas que passam a viver nas terras deles. Além disso, conhecemos mais do passado de Robin e seu drama quando sua história se conecta de certa forma com seu novo caso.

Meu objetivo aqui é indicar essa maravilhosa série então vou aqui apontar os principais pontos fortes. Primeiramente é uma obra extremamente bem dirigida, te colocando muito dentro do drama da protagonista e da moça desaparecida, o clima de cidade do interior com um background sujo lembra muito a famosa True Detective. Aliás, é justo dizer que essa série é um True Detective feminino. A história envolve temas bem pesados como abuso, estupro, gravidez adolescente e uma cidade que prefere esconder os problemas ao tentar resolvê-los, e tudo isso é visto de uma ótica feminina.

É justo dizer que essa é uma série bastante feminista em seus temas. Elizabeth Moss está muito bem como uma protagonista forte mas ao mesmo tempo frágil com seus problemas internos, um clássico personagem noir, só que feminino. Ela possui um trauma muito grande e não confia muito nos homens, a série consegue transpor muito bem esse sentimento enquanto ela vai se relacionando com personagens e você acaba não confiando em ninguém, como ela. É no núcleo feminino que ela se sente mais segura e acolhida.

Acredito que o único problema dessa primeira temporada é que ela tenta mostrar alguns plots que não são exatamente importantes para a trama principal, até difíceis de serem conectados a ela. A primeira temporada possui uma história fechada e somente 6 episódios de 1 hora, em alguns momentos o ritmo fica arrastado por causa dessas histórias paralelas mas em geral o clima é bem feito. A segunda temporada foi confirmada mas ainda não tem data.

Se você procura uma série de investigação com um clima bem pesado, mas que mostra isso de uma ótica feminina, Top of the Lake é super recomendado. É muito bom ver que temos produções de TV bastante bem feitas hoje em dia.

Comentários