Pouco tempo depois que Breaking Bad terminou, foi anunciada uma série Spin Off com um dos personagens mais carismáticos da história: Saul Goodman. Alguns ficaram empolgados e outros com o pé atrás as as duas primeiras temporadas não decepcionaram. Usando do humor negro característico da série original e com um tom mais leve, Better Call Saul trouxe mais vida a esse personagem e uma história para o mesmo. Voltando agora para sua terceira temporada, a série original da Netflix nos empolga novamente e dá aquele gostinho de nostagia que Breaking Bad deixou.

Como nas outras temporadas, o primeiro episódio se inicia com uma visão do futuro, onde Jimmy trabalha num shopping e está infeliz. Acho esse desenvolvimento genial pois já sabemos o que acontece com ele em Breaking Bad, mas não sabemos o que vem depois, e essas pequenas cenas nos dão uma curiosidade de saber o futuro do personagem.

Cena em preto e branco de Jimmy com bigode comendo um sanduíche

Falando do episódio em si, a grande estrela aqui é a direção do criador Vince Giligan, a mente por traz de Breaking Bad traz um episódio no melhor estilo que fez sucesso na sua série original. Câmeras colocadas em locais inusitados e muitas cenas com nada de diálogo contando a história de forma totalmente visual, eu poderia passar o dia todo vendo as cenas com essa linda fotografia sem nenhum roteiro que já me animava.

Mike segurando uma tampa da entrada de gasolina do carro

Como na temporada passada de Better Call Saul, os episódios são divididos entre Jimmy e Mike. Enquanto o advogado traz mais cenas com intriga e interação entre personagens, focando na direção de ator e na ótima química entre eles, as cenas de Mike poderiam estar em um cinema mudo e refletem a solidão e compulsividade do personagem. Passamos o episódio todo tentando entender o que está acontecendo e as cenas vão montando um quebra-cabeça para a gente. Voltando para Jimmy, é lindo ver suas cenas com Kim onde muito se fala com pouco diálogo e sua química é ótima, a gente entende que eles são personagens que se conhecem muito.

Kim ajeitando a gravata de Jimmy

Eu não gostei muito da temporada passada, mas agora ela começa a fazer mais sentido para mim. A segunda temporada serviu para mostrar Jimmy inconsequente fazendo ações anti-éticas a todo vapor, aquilo tudo foi uma preparação para o que vem a seguir, o que deu a entender é que nessa temporada veremos as consequências do que ele fe e como isso vai trazer sua ruína, ou ascensão.

Better Call Saul é uma ótima série que pode não ter a grandiosidade de Breaking Bad, mas traz histórias bem contadas com ótimas atuações e direção impecável. As duas primeiras temporadas estão disponíveis na Netflix e cada semana sairá um novo episódio da nova temporada. Para quem não sabe, a série é lançada dessa forma por que sai simultaneamente na TV, eu até prefiro, dá tempo de discutir e digerir os episódios. Essa temporada voltou com tudo com um ótimo episódio muito bem dirigido que preparou terreno para o que vem por aí.

=========================================================

Já está sabendo da CosmoBox? São de 5 a 10 brindes maravilhosos relacionados à cultura nerd que você pode ganhar! Confira o vídeo abaixo e saiba como participar:

Patrocinado

Comentários