É inegável que a última temporada de Arrow foi a melhor em muito tempo, chegando próxima do nível apresentado lá no ano inaugural. Um respiro necessário para uma série que encontrava-se em uma queda vertiginosa. Porém, apesar do bom resultado, algo ainda gerava preocupação. Será que os roteiristas conseguiriam manter o nível apresentado? Afinal, estamos falando de uma produção pra lá de inconstante. Fallout, primeiro episódio da sexta temporada, mostra que a resposta parece ser positiva.

Após toda a destruição causada por Adrian Chase (Josh Segarra), criou-se uma expectativa de como Oliver Queen (Stephen Amell) e sua equipe estariam depois desses meses. E mesmo com uma certa covardia da sala de roteiristas, o balanço até que é negativo. Covardia no sentido de evitar danos colaterais maiores. Thea Queen (Willa Holland) está em coma e Diggle (David Ramsey) adquiriu estresse pós-traumático. Além da morte de Samantha (Anna Hopkins), mãe do filho de Oliver. Mas se isso não afeta tanto o desempenho do Arqueiro Verde enquanto símbolo, abala as estruturas do homem por trás da máscara.

É sempre interessante acompanhar outras facetas da personalidade de Oliver. Agora levando uma vida tripla como vigilante, prefeito e pai. As duas primeiras ele já consegue equilibrar, mas a última ainda é bastante complicada. Principalmente quando seu filho o culpa pela morte da mãe. Aliás, paternidade é sempre um tema recorrente em Arrow. Quem sempre sofre com isso é o castigado Quentin (Paul Blackthorne), que pode ganhar uma função de conselheiro para seu amigo.

Leia também: Arrow – 5ª Temporada | REVIEW

Já o Time Arrow vai dando conta do recado, fazendo com que a taxa de crimes de Star City caia consideravelmente. Mas as consequências do final da quinta temporada continuam surgindo, aqui na figura da Sereia Negra (Katie Cassidy). É dela a dose de ação do episódio, que acerta em não investir em várias subtramas. Dando tempo para estabelecer aquilo que realmente importa. E mesmo que não exista a figura de um novo vilão, sabemos que existe um plano maior sendo executado.

Momentaneamente, a maior inimiga do Arqueiro Verde é justamente sua identidade secreta. Não é a primeira vez que o trabalho secundário de Oliver é revelado para terceiros, mas agora a escala é bem maior. No último ano, o prefeito sempre conseguiu escapar de ser descoberto. Entretanto, duvido que saia ileso dessa vez. Isso pode representar uma certa “Queda de Oliver”, mas não tão profunda assim. Justo agora que existe uma tentativa de aproximar o protagonista de sua versão das HQ’s. Fica, então, um plot bastante interessante para a série mais longeva do Arrowverse.

Publicidade
Loading...

Comentários