Série já está disponível com todos os episódios na plataforma de streaming

Sex Education trouxe à Netflix uma história sem tabus sobre a sexualidade na adolescência, com um elenco liderado por Asa Butterfield e Gillian Anderson. No entanto, alguns pontos ficaram para serem resolvidos na 2ª temporada da série, então tentamos abordar alguns dele na lista a seguir:

1. Otis

O protagonista vivido pelo querido Asa finalmente conseguiu progredir em relação ao seu problema de ereção, inclusive engatando um relacionamento que tende a ajudar bastante nessa empreitada. Mas é óbvio que o seu amor é por outra garota, então será interessante ver como a série irá trabalhar essa fase da sua vida nos episódios seguintes.

2. Maeve

Após a decepção ao flagrar Otis com outra, Maeve (Emma Mackey) deve tentar seguir sua vida, o que será difícil pois ela encontra-se suspensa do colégio por assumir a culpa por algo que o irmão dela fez. Não sabemos se ela tentará reatar com Jackson, se conseguirá sua bolsa na faculdade ou até mesmo se retomará a “clínica” de terapia sexual em parceria com Otis.

3. Eric e Adam

Uma das coisas mais demoradas de acontecer foi Adam (Connor Swindells) se revelar gay em algum momento, o que aconteceu nos momentos finais de Sex Education. Infelizmente, o que parecia ser um belo começo de romance com Eric (Ncuti Gatwa) acabou interrompido por uma espécie de colégio militar. Seria interessante que na 2ª temporada essa relação tenha continuidade.

4. Jean

A mãe de Otis, vivida por Gillian Anderson, encontra-se em alguns dilemas ainda não resolvidos. O primeiro é ter sido anti-ética no trabalho, onde escreveu um livro sobre os problemas sexuais do filho, que acabou descobrindo tudo. Ela ainda não publicou a história, mas já enviou exemplar para a editora. Outro problema é que ela está saindo com o sogro do próprio filho, algo que ele pediu para que ela não fizesse. Nesse balaio, vai ser interessante continuar acompanhando as mudanças que a personagem vem sofrendo, mudando de uma predadora sexual para uma mulher apaixonada como uma adolescente.

5. Mais temas tabu

Uma das marcas de Sex Education é abordar temas que são tabu em nossa sociedade ocidental, ainda mais na adolescência. Para a 2ª temporada, é importante que a série traga ainda mais dessas temáticas para manter o que torna o programa tão autêntico. Para tanto, há personagens de sobra, diversos adolescentes com uma lista interminável de problemas.

Aproveite e assista nosso vídeo analisando a série: