Nessa segunda feira, dia 16, iniciaram-se fortes rumores de que a Warner Bros. estaria considerando um filme “solo” da Arlequina. Porque as aspas? O filme focaria não só nela, mas também em outras personagens femininas da DC Comics. Nomes como Batgirl, Hera Venenosa e Aves de Rapina vieram à tona, e o público foi a loucura.

Marquee_HarleyQuinn1_Conv_550a192587a492.73782434
Mas, será que nós mulheres nerds, sedentas por histórias protagonizadas por personagens femininas fortes, em busca de histórias feitas para nós, devemos ficar felizes mesmo?

As primeiras imagens que me vieram à cabeça quando vi a notícia do filme foram os GIFs da Arlequina semi-nua se vestindo em um dos trailers de Esquadrão Suicida, e como em um trailer cheio de coisas incríveis, isso era a única coisa que as pessoas estavam compartilhando no dia seguinte, homens em sua maioria. A maioria dos homens (maioria, não todos!) também criticaram muito a possibilidade de um filme solo da Viúva Negra, usando argumentos de que a personagem não era tão importante para isso.

Então o que torna a Arlequina merecedora de um filme solo e a Viúva Negra não? Porque o passado em grande parte obscuro da Viúva Negra não é tão interessante quanto as peripécias da palhaça maluquinha? O que influencia a visão do público em relação às personagens e como isso pode afetar qual caminho a Warner irá seguir com esse filme da Arlequina?

Será um filme girl power, cheio de personagens femininas incríveis, fortes e não hiper sexualizadas? Ou será que vamos assistir a 2 horas de fan service ao machismo, com ângulos de câmera cujo único objetivo é explorar o corpo das mulheres?

harley_quinn_generations_facebook_banner_by_davidorsdrawings-d928iic
“Mas a Arlequina sempre foi sexualizada, é uma característica da personagem”, você pode me dizer. Sim, é uma característica da personagem ser sexy, mas isso não quer dizer que tudo bem os quadrinhos, jogos e etc. explorarem seu corpo de forma apelativa. Acredito que exista uma diferença entre ser sensual e ser hiper sexualizada.

É só analisarmos, por exemplo, o papel da Mulher Maravilha em Batman vs Superman. Sua trama foi desenvolvida (na medida do possível, já que seu papel era pequeno) de acordo com a sua história, seu objetivo e seus poderes, e mesmo assim ela não deixou de ser uma mulher linda e sedutora, não é? Não foi necessário apelar para o seu corpo, como aparentemente estão fazendo com a Arlequina em Esquadrão Suicida. Melhor exemplo são as duas versões da Mulher Gato de Michelle Pfeiffer e Anne Hathaway, personagens sexy que não tiveram seus corpos examinados pela câmera.

Então se o objetivo da Warner é usar a sensualidade da Arlequina e das outras personagens como arma ao invés de oferecê-las em uma bandeja, eu irei ao cinema com o maior prazer e animação, porque vai ser a realização de um sonho um filme cheio de heroínas, anti-heroínas, vilãs, enfim… Mulheres incríveis do universo dos quadrinhos!

Mas até que esse projeto seja confirmado e que imagens e trailers sejam divulgados, ainda fico receosa. Ah, e claro, observando você que achou ridículo a possibilidade de um filme da Viúva Negra estar agora todo animado para o filme da Arlequina. Estamos de olho! 😉

W4YBody

Visite também o meu canal faNATic!