Lançado recentemente no Brasil, The Promised Neverland é uma boa pedida de leitura tomando uma IPA

Por Vinicius Rodrigues

E ai, ruma de nerds! Hoje, como minha estreia nessa maravilhosa coluna, eu vos trago cerveja e quadrinhos! Pois além de comidas, series e filmes, uma boa cerveja sempre harmoniza com uma boa HQ.

Em minha contribuição para a coluna Nerd Ale, quero brincar com o conceito de degustar cerveja e desbravar uma boa historia. Para isso, escolhi uma cerveja já consagrada como clássica e um mangá que vem surpreendendo e tem grandes chances de se tornar um clássico contemporâneo, provindo de terras nipônicas.

Na narrativa sequencial temos o primeiro volume, lançado recentemente aqui em terras tupiniquim. The Promised Neverland (Yakusoku no Neverland) vol. 1. Lançado no Japão pela Shonenjump, em agosto de 2016, e atualmente aqui, sai pela Planet Mangá, selo da Panini Comics.

Escrito por Kaiu Shirai e desenhado por Posuka Demizu, na trama temos um orfanato chamado de Casa Grace Field, na qual existem 37 crianças, dentre elas os protagonistas, os mais velhos e mais inteligentes Emma, Norman e Ray. Tudo no orfanato ia bem, até o momento em que uma garotinha foi adotada. As coisas mudam drasticamente na vida dessas três crianças. E, assim, vemos elas utilizando de inteligência, aptidões físicas e sagacidade para resolverem os sérios problemas num roteiro cheio de reviravoltas e personagens muito bem construídos, desde a fala até a personalidade.

Esse primeiro volume se encerra de uma maneira que lhe faz gritar pelo próximo, porém, sem deixar pontas soltas ou mal amarradas. A construção do orfanato e seu sistema de funcionamento é simplesmente incrível. Já na arte temos outra obra prima, desde os cenários bem detalhados quando preciso até o número de identificação das crianças, além das suas feições, rostos e expressões, muito bem diferenciados. Um mangá altamente recomendado para quem gosta de fantasia, thriller, ação e drama de primeira qualidade!

Agora no acompanhamento temos a Vedett Extra Ordinary IPA! Uma Belgian IPA (Indian Pale Ale), de origem belga, produzida pelo grupo Brouwerij Duvel Moortgat. De cara já temos uma cor dourada e turva junta a um colarinho médio e cremoso. Nos aromas temos bem presentes o lúpulo, frutos de cítricos e de caroços e mais leve um aroma oral. No paladar temos uma carbonatação leve, gosto suavemente frutado e lupulado, com duração leve e um retrogosto também leve de amargor. Uma excelente experiência para quem quer adentrar nesse mundo cervejeiro.

Teor Alcoólico: 5.5% | 40 IBU.
Uma boa IPA para quem quer ler as aventuras nos campos verdes e calorosos da Casa Grace Field.
P.S: BEBA COM MODERAÇÃO!
P.S: Não sou um especialista ou sommelier de cerveja, apenas um amante dessa arte
milenar.

Comentários