Filmerama Produções abriu uma convocação para atores, dubladores profissionais ou amadores para audições em Fortaleza. A produtora cearense busca talentos para atuar na série Drama Universitário, que já conta com mais de 800 mil seguidores no Facebook, além de outros projetos audiovisuais futuros. Podem participar pessoas de 18 a 60 anos, de qualquer gênero, que possuam flexibilidade de timbres. Interessados devem se inscrever pelo site (www.dramauniversitario.com.braté o dia 07 de setembro.

Além dos dados pessoais, a inscrição também pede um arquivo de amostragem da voz do candidato, que pode ser gravado por áudio de celular ou em qualquer aplicativo de som. Os selecionados serão anunciados no dia 21 de setembro e as audições em estúdio acontecerão em seguida. Os aprovados assinarão contrato com a Filmerama para gravação em dias e horários previstos em estúdio de áudio, com preferência para renovação contratual a cada nova temporada da série e em novos projetos desenvolvidos pela produtora.

Então se você ama animações tanto quanto eu sabe que essa pode ser uma boa oportunidade para participar de uma.

Drama Universitário procura vozes originais no Ceará.

Sobre o Drama Universitário

O projeto foi idealizado por Daniel Aragão a partir dos cartoons assinados por Lucas Carvalho que fizeram sucesso nas redes sociais. Em conjunto, eles criaram o universo e os personagens do Drama Universitário. Após a criação, o CineBrasilTV, canal voltado para a cinematografia brasileira e independente, contratou a produção da série de animação com 13 episódios de 26 minutos, que será a maior série brasileira em minutagem por episódio. Daniel Aragão é o “showrunner” produtor-executivo, diretor geral e roteirista-chefe que implementou a sala de roteiros da produtora. São três roteiristas: Daniel Aragão, Lucas Carvalho e Wally Menezes, com participações eventuais de outros roteiristas. A produção é de Renata Freire. No estúdio de animação Rapadura Atômica atuam Lucas Carvalho como diretor de animação/storyboard, Weslley Nereu como diretor técnico e Rene Goes como diretor de arte.

 

 

Comentários