Em um universo alternativo inspirado na Ásia oriental, a HQ traz uma história de coragem, vingança e compaixão escrita por Marjorie Liu e ilustrada por Sana Takeda

Sucesso da Image Comics e vencedora do Prêmio Hugo para Melhor História GráficaMonstress, finalmente chega às livrarias brasileiras pela Editora Pixel.A HQ, que foi uma das mais vendidas em 2016, recebeu várias indicações ao Prêmio Eisner e foi escrita pela americana Marjorie Liu e ilustrada pela artista japonesa Sana Takeda.

Consagrada várias vezes nas listas de mais vendidos do The New York Times, Liu já fez diversas parcerias com a Marvel escrevendo histórias da Viúva Negra e outras séries relacionadas com os X-Men. Takeda também trabalhou com a Marvel ilustrando diversas histórias da marca.

A série Monstress traz um ambiente negro e adulto, voltado para o steampunk, e é uma junção de fantasia e ficção cientifica. Marjorie Liu narra a história de Maika Halfwolf, uma adolescente arcânica que sobreviveu a uma guerra cataclísmica entre humanos e a arcânicos – uma raça híbrida que descende dos Anciãos.

Depois da guerra, a protagonista é escravizada por bruxas inimigas que suspeitam dos seus grandes poderes. Na luta pela sobrevivência, ela começa a desvendar o seu misterioso passado e, durante o processo, descobre que tem uma ligação psíquica com uma poderosa criatura de outro mundo.

Os acontecimentos da HQ ocorrem em 1900 em um Ásia alternativa e matriarcal, e explora problemas sociais e políticos da vida real de uma maneira inovadora. A concisão e origem do universo em que a história decorre é um dos pontos mais elogiados da HQ, que promete ser um sucesso entre os amantes brasileiros de quadrinhos e mangás.

Sobre a Pixel

A Pixel é um selo reconhecido no segmento de histórias em quadrinhos clássicas. Sempre inovando, também aposta em franquias do universo geek, que é um mercado em ascensão no Brasil. Com exclusividade, publica as HQs dos fi lmes Disney e de personagens dos games como The Witcher, Mirror’s Edge e Dark Souls. Assim como a Coquetel, está presente em grande parte das bancas de jornal e livrarias do país.

Comentários