Ler em inglês é muito mais do que uma atividade recreativa. É comprovado cientificamente que aprender um novo idioma é benéfico para o cérebro e a literatura é um excelente caminho para tal. Além disso, infelizmente há obras interessantes que ainda não foram traduzidas para o português, e quem é fluente em inglês tem bastante vantagem nessas horas.

Não ficar na zona de conforto do português é fundamental para trabalhar o idioma secundário. Portanto, dá para treinar o seu inglês ou colocar toda sua sabedoria dessa língua em prática com livros muito legais.

The House On Mango Street — Sandra Cisneros

Esse é um dos clássicos da literatura da década de 1980, mas que infelizmente não foi traduzido para o português. A obra, de cunho dramático, mostra a força e o protagonismo das mulheres na sociedade. A personagem principal é Esperanza, uma jovem latina que vive em Chicago em uma casa que é totalmente contra ao que ela sempre quis ter.

Ao decorrer do livro, a autora Sandra Cisneros coloca o ponto de vista da protagonista. Esperanza conta seus objetivos para o futuro, a realidade em volta dela e as frustrações que acontecem na rotina.

O livro vai ganhando corpo, a protagonista envelhece e amadurece. O jeito como a autora consegue dar vida ao personagem principal é algo espetacular, e ela consegue fazer isso de maneira simples.

Com frases bem curtas e linguagem fácil, é um livro ideal para quem ainda não tem o inglês totalmente dominado. No entanto, é bom ficar atento as metáforas e palavras de norma formal do idioma.

The Old Man And The Sea — Ernest Hemmingway

Um livro curto, com pouco mais de 100 páginas e uma grande história. Esse é um clássico da literatura inglesa e bem fácil de ler — ideal para quem está começando no inglês.

A obra conta a história da luta entre um velho pescador e o maior peixe que ele já fisgou. Após 84 dias sem conseguir pegar nada, Santiago, protagonista da história, atrai um gigantesco peixe. No entanto, ele é grande demais para ser agarrado, e a luta entre os dois se arrasta por três dias.

Não vale a pena contar o fim da história, mas a luta entre Santiago e o gigantesco peixe é uma metáfora para a vida e uma lição muito bem colocada pelo autor Ernest Hemmingway.

A obra tem uma versão em português, chamada de “O Velho e o Mar”, mas vale a pena ler em inglês por ser uma história curta e simples.

Life’s a Gamble — Mike Sexton

Se os outros livros dessa lista são leituras mais curtas e leve, este é mais direcionado para os avançados no inglês. “Like’s a Gamble” é a autobiografia de Mike Sexton, reconhecido como um embaixador do poker e um dos nomes mais importantes do mundo nas cartas.

Membro do Hall da Fama, Sexton já ganhou mais de US$ 6 milhões em torneios ao vivo em sua carreira. Ele conta nessa obra trajetórias impactantes desde a adolescência e como conseguiu tanto sucesso no poker.

É bom ter conhecimento de poker para apreciar a história de Sexton, mas quem não entende nada das cartas não fica perdido na obra. Mais do que contar a trajetória vitoriosa, Sexton mostra o que é preciso ter para ser bem-sucedido e atingir os objetivos traçados. Em outras palavras, é um livro ideal para quem é empreendedor.

Since You’ve Been Gone — Morgan Watson

Um livro muito legal e interessante e que ainda não foi lançado em português, essa é uma das principais obras da escritora Morgan Watson. A história consegue misturar muito bem comédia e drama em mais de 450 páginas.

O enredo passa pelas protagonistas Sloane e Emily. As duas se tornam amigas inseparáveis. A primeira citada é uma pessoa extrovertida, amiga de todo mundo e muito popular na roda de amigos. Já a segunda é tímida, não dialoga muito com os outros e não gosta de sair de casa.

Na companhia de Sloane, a vida de Emily vai mudando aos poucos e ela se torna mais parecida com a amiga extrovertida. Tudo estava perfeito na amizade das duas quando Sloane simplesmente desparece sem deixar nenhuma pista.

Após alguns dias, uma lista chega para Emily contendo 13 tarefas para ela realizar. Para trazer a amiga de volta, Emily tem que completar os afazeres.

O restante do livro mostra Emily tentando cumprindo essa lista de tarefas e o desenrolar disso é muito legal.

A obra pode parecer longa com suas quase 500 páginas, mas é uma história sensacional digna de série no Netflix. Vale muito a leitura.

Second Chance Summer — Morgan Watson

Mais um livro de Watson na lista que ainda não foi traduzido para o português, “Second Chance Summer” tem uma linguagem mais simples do que o livro citado acima.

Lançado em 2012, a obra conta a história de uma garota chamada Taylor. No início, ela é uma adolescente que não consegue enfrentar grandes problemas e foge das coisas sérias. No entanto, a vida dela muda quando recebe a notícia que o pai tem um grave problema de saúde. Assim, Taylor precisa voltar para a casa da família para um último verão.

O drama é muito bem escrito por Watson e ela consegue dramatizar a história de maneira impressionante. É interessante perceber como o ponto de vista de Taylor em relação ao mundo e a família vai mudando ao longo do livro. Uma lição de vida que não é forçada e bem desenhada do início ao fim.

Comentários