Elaboramos um Guia de Leitura de um dos mais queridos heróis da DC (e de todos os tempos)

Nosso mais novo Guia de Leitura é dedicado a um dos heróis mais querido de todos os tempos: o Flash! Propriedade da DC Comics, o personagem foi criado por Gardner Fox e Harry Lampert, tendo sua estreia na revista Flash Comics de 1940. Desde então, diversos nomes passaram tanto pelos roteiros e desenhos do Flash, quanto também outras figuras foram escolhidas para vestir o manto do Velocista Escarlate.

Vamos ao guia?

1Showcase #4

Com o Comics Code Authority em ascensão, as histórias em quadrinhos de super-heróis vinham numa acintosa decadência por serem associadas a conteúdos que levariam jovens a se tornarem futuros delinquentes, e nisso, Gardner Fox, junto a outros artistas, tiveram a ideia de trazer uma nova abordagem para seus personagens, para uma geração pós-guerra que estava cansada de heróis e que consumia mais terror e novelas, e assim reaquecer o mercado de quadrinhos para salvar não só a DC Comics mas também a Marvel.

A edição Showcase #4 dá início à famosa Era de Prata dos Quadrinhos, onde a DC Comics reformulou todos os seus personagens para uma nova abordagem remetente a época. Assim como o Lanterna Verde na edição Showcase #22, o segundo a vestir o manto do velocista escarlate, Barry Allen, precisava de uma mudança geral, mudar o seu personagem principal, sua origem e principalmente os seus poderes, graças aos descobrimentos científicos da época até então.

A edição Showcase #4 pode ser encontrada no volume #2 da Coleção de 75 anos da Panini Comics.

2The Flash #110

Em The Flash #110 temos a primeira aparição tanto de Wally West como também a primeira aparição de um de muitos vilões da galeria do Flash, O Mago do Tempo. Na trama, Iris West pede para Barry Allen cuidar do seu sobrinho, Wally, que já era muito fã do Flash, enquanto ela mantém seu dia de trabalho. Ao descobrir que Wally era fã do Flash, Barry se veste de Flash para lhe fazer uma surpresa e conversar com o garoto, Wally pergunta como ele conseguiu os seus poderes e então Flash leva ele no local onde foi atingido por um raio, e Wally também é atingido por um raio exatamente igual a Barry. Após isso, Flash ajuda o garoto a lidar com os seus poderes, que de alguma forma, toda vez que Wally corre muito rápido seus músculos se atrofiam. Futuramente Wally acaba chamando-se de Kid Flash, o futuro side-kick do Flash.

A edição The Flash #110 e inédita no Brasil.

3Flash De Dois Mundos

Mais uma edição marcante até para os dias hoje e talvez, uma das edições mais importantes para o universo das histórias em quadrinhos de super-heróis em geral.  Em Flash De Dois Mundos, é apresentado pela primeira vez na editora o conceito do Multiverso. Apesar de trazer personagens novos, a DC comics não queria abandonar os seus queridos personagens da Era de Ouro, então Barry ao vibrar em uma frequência diferente, acaba se encontrando com Jay Garrick, o Flash da Era de Ouro. Após Barry e Jay derrotarem os seus respectivos vilões, Violinista e o Pensador, fica estabelecido que a terra em que Jay e os outros heróis da Era de Ouro viviam seria paralela à de Barry, assim sendo chamada de Terra-2.

A edição The Flash #123 pode ser encontrada no volume 13 Terra 2 da coleção de graphic novels da editora Eaglemoss.

4A Origem Do Flash-Reverso

Em The Flash #139, é contada a origem do vilão que mais destruiu a vida de Barry, Eobard Thawne, o Flash-Reverso ou Professor Zoom. Na trama, uma máquina que amplia os traços da força da aceleração junto ao uniforme do Flash é enviada ao século 25 e encontrada pelo Flash-Reverso. Ao estudar a máquina junto ao uniforme, Thawne acaba recebendo os mesmos poderes que o Flash, invertendo as cores do uniforme para mostrar que é o seu total oposto e acaba decidindo voltar ao tempo para destruir a vida de Barry. A edição The Flash #139, pode ser encontrada no volume 60 Flash, Ponto de Ignição da coleção de graphic novels da editora Eaglemoss.

5A morte de Iris West

Uma das edições mais trágicas e importantes das histórias do velocista escarlate, onde o Flash-Reverso assassina misteriosamente a esposa de Barry, Iris West, em uma festa a fantasia que ela está vestida como Batgirl. Thawne, ao chegar ao tempo de Barry, acaba se apaixonando por Iris West e pedindo para que ela deixe o Flash para ficar com ele, e após a recusa do pedido, ele resolve aparecer na festa a fantasia e assassiná-la.

As edições The Flash #275-285 que trazem o arco A morte de Iris West e inédita no Brasil.

6A Morte do Flash-Reverso

Mais um marco importante não só para as histórias do Flash, mas para os heróis em geral. Não se dando por satisfeito por matar Iris West, em meio a uma luta intensa contra Flash, Thawne resolve matar a segunda esposa de Barry, Fiona Webb. Na tentativa desesperada de parar o Flash-Reverso, o Flash acaba quebrando o pescoço de Thawne. Em consequência da morte do Flash-Reverso, a polícia e a Liga da Justiça resolve punir o Flash, porém, Barry resolve fugir para um futuro onde Iris está viva, resolvendo ficar e construir uma família tranquilamente fora de problemas.

As edições The Flash #323-324 que trazem A morte do Flash-Reverso são inéditas no Brasil.

7Crise nas Infinitas Terras

Em 1986, a DC Comics precisava organizar o seu universo bagunçado, e após 23 anos com o sumiço de Barry dentro das histórias, ele finalmente aparece, porém capturado pelo Pirata-Psíquico junto ao Antimonitor. Na trama, o Antimonitor está destruindo todos os universos, e para destruir a Terra, ele precisa que a sua arma de antimatéria esteja com carga total. Barry ao saber que é o único que pode destruir o canhão de antimatéria, resolve correr como nunca correu na vida, atingindo a velocidade da luz e se sacrificando para destruir o canhão. Em consequência da destruição do canhão, um raio de antimatéria atinge Wally curando a doença que o impedia de correr, e que futuramente ele se tornaria o Flash em homenagem ao seu tio Barry.

8Apresentando: Wally West

Após os eventos da Crise nas Infinitas Terras, com a exceção do Pirata-Psíquico, todos os heróis esqueceram que exista terras paralelas e que Barry, o antigo Flash, tinha dado a vida para destruir o canhão do Antimonitor. The Flash vol2 #1 mostra Wally vivendo seus primeiros dias como o terceiro a vestir o manto do velocista escarlate.

A edição The Flash vol2 #1 pode ser dificilmente encontrada no volume #33 de Os Novos Titãs da editora Abril.

9Flash: Ano um, Nascido para Correr

Em Nascido para Correr, Mark Waid reconta a origem de Wally, os dias difíceis que foram para ele quando ainda era Kid Flash com a doença que o impedia de correr e as responsabilidades herdadas ao vestir o manto do Flash.

As edições The Flash vol2 #62-65 The Flash Annual 8, SpeedForce 1 e  The Flash 80-page Giant 1 pode ser encontrada no volume #44 Flash: Nascido para Correr da coleção de graphic novels da editora Eaglemoss.

10O Retorno de Barry Allen

Ainda na fase de Mark Waid, Barry aparece do nada na casa de Wally, porém alguns dias depois, Wally e Jay começam a desconfiar das ações do antigo Flash. Algumas edições depois, é revelado que não se tratava do real retorno de Barry, mas sim de Eobard Thawne que, depois de receber os poderes da Força da Aceleração, teve uma visão que um dia Flash iria mata-lo, e na tentativa de voltar no tempo e matar Barry, errou e caiu nos tempos errados onde o Flash era Wally.

As edições de The Flash vol2 #74-79 podem ser encontradas no volume #50 Flash: O Retorno de Barry Allen da coleção de graphic novels da editora Eaglemoss.

11A Saga do Impulso

Nesta saga em três partes, somos apresentados pela primeira vez à origem de Bart Allen, neto de Barry que veio do século 30. Na trama, Iris West volta do futuro para pedir ajuda a Wally para curar seu neto que estava com uma doença parecida com a que Wally teve na infância, porém no lugar de ter seus músculos atrofiados pela força da aceleração, toda vez que Bart corria rápido demais ele envelhecia mais rápido.

As edições The Flash vol2 #92-94 podem ser encontradas nos volumes #123-125 de Novos Titãs da editora Abril.

12Velocidade Terminal

Após os eventos da Zero Hora, onde Wally ficou perdido no fluxo temporal, ele encontra pela primeira vez uma energia que dava a todos os velocistas os seus poderes, chamada Força da Aceleração, que é toda a energia cinética que existe no universo. Essa saga é muito importante para a mitologia do Flash, pois explica como realmente funciona a Força da Aceleração e que Barry realmente não estaria morto, mas se tornou parte da Força.

As edições The Flash vol2 #0, 95-100 podem ser encontradas nos volumes #3-8 de Super-Homem 2 série da editora Abril.

13Futuro Relâmpago

Na última fase do Flash escrita por Mark Waid, somos apresentados a um irmão gêmeo de Barry, o Azul Cobalto, um vilão que jura vingança para matar todos os Flashs de diferentes realidades, usando uma magia azul que drena a velocidade dos corredores. Na trama, Wally, Bart, Jesse Quick, Max Mercúrio e Jay Garrick tentam impedir que o Azul Cobalto mate todos os Flashs do Multiverso.

As edições The Flash vol2 #145-150 podem ser encontradas na edição especial Flash: Futuro Relâmpago da editora Abril.

14Flash Point: Ponto de Ignição

Uma das melhores sagas do velocista escarlate e que mostra o porquê do Flash ser um dos heróis que mais deve ter responsabilidade diante de todos os outros.

Na trama, Barry acorda em seu escritório e percebe que não possui mais seus poderes, que a liga da justiça não existe, que o Superman caiu nas mãos do governo dos EUA e não na fazenda dos Kent e que a Mulher-Maravilha e o Aquaman estão em pé de guerra. Numa busca para tentar relembrar como chegou nessa realidade e tentar retomar os suas habilidades, também descobre que na verdade quem morreu no beco do crime não foi os pais de Bruce Wayne e sim o próprio Bruce Wayne, resultando na transformação de Marta Wayne em Coringa e Thomas Wayne no Batman. Esta é a saga que futuramente daria origem aos novos 52.

As edições FlashPoint #1-5 podem ser encontradas no volume 60 Flash: Ponto de Ignição na coleção de graphic novels da editora Eaglemoss

Comentários