Alan Moore e H. P. Lovecraft se encontram em Neonomicon, uma jornada fantástica que conta ainda com as mórbidas e lisérgicas ilustrações de Jacen Burrows

Escritor, roteirista, músico, cartunista e mago, Alan Moore foi responsável por obras notórias no universo das HQs como V de Vingança, Watchmen, Piada Mortal, Liga Extraordinária, O que aconteceu com o homem do amanhã?, dentre outras, muitas das quais já foram adaptadas para o cinema. Em Neonomicon (uma explícita referência ao lendário e maldito Necronomicon das obras de Lovecraft), o lado mágico e oculto de Alan Moore, que se desenvolveu a partir de meados da década de 90, se mistura com o horror cósmico, que evoca Deuses antigos e cultos secretos de H. P. Lovecraft. Moore faz uma releitura minuciosa da obra de Lovecraft, e cria uma trama muito instigante e repleta de referências nos mínimos detalhes.

Já no primeiro número de Neonomicon, a agente secreta Merril Brears percebe que todos os elementos do caso em que está se envolvendo estão ligados à mitologia de H. P. Lovecraft, dizendo ainda que parece se tratar de uma “piada literária só para iniciados”. No entanto, ao longo da história fica clara a maioria das principais obras do autor em que Alan Moore se baseou, cujos nomes são explicitamente citados pelos personagens da trama. De forma metalinguística, Moore ainda faz críticas e explora a própria história pessoal de Lovecraft, fazendo menções a sua xenofobia e racismo e abordando principalmente a suposta ausência de teor sexual nas suas obras, que é subvertida nesta HQ pela presença de uma protagonista viciada em sexo e uma trama que mistura sexualidade, rituais macabros, e seres ancestrais. A principal característica de Lovecraft é abordar o medo do desconhecido e do que está além da compreensão humana. Isto é muito bem retratado em Neonomicon através da linguagem cheia de neologismos típica do autor de horror e muito bem aplicada na trama por Moore, além do auxílio de ilustrações extremamente belas e lisérgicas de Jacen Burrows (Crossed), e também violentas e intensas quando necessário.

      

Neonomicon é uma HQ fantástica em todos sentidos da palavra, e uma das melhores adaptações da obra de Lovecraft para outra mídia que pude entrar em contato.  O enredo pode parecer conveniente em certos momentos, porém isso se perde diante da atmosfera densa de loucura e mistério. Além disso, há situações com abordagem mais explícita, o contrário do que Lovecraft costumava fazer em suas primeiras histórias, porém isso só contribuiu para intensificar o clima bizarro que permeia toda a trama. Apesar de ser muito melhor aproveitada por quem já leu algumas das obras principais do autor como “O Chamado de Cthulhu”, “Sombra de Innsmouth” e “Horror em Red Hook”, Neonomicon contextualiza bem a mitologia lovecraftiana, deixando claras suas referências. Portanto, para os “não iniciados”, esta incrível trama de Alan Moore pode ser ainda uma excelente porta de entrada para a obra de H. P. Lovecraft, pai do horror cósmico e um dos maiores autores de horror da história.

Os quatro volumes de Neonomicon foram lançados em 2012 pela Panini Comics no Brasil, juntamente com os dois volumes de O Pátio, história da qual é continuação.

Patrocinado

Comentários