AVEC Editora lança A Infância do Brasil, uma HQ que propõe um modo diferente de ver a sociedade brasileira

A Editora AVEC lança HQ de José Aguiar, com um olhar sobre o Brasil e a construção de nossa sociedade em várias histórias, do ponto de vista de crianças e seu olhar inocente perante situações pesadas e tão verdadeiras.

Construir uma identidade em meio a tantos choques culturais é algo complicado, ainda mais nossa nação, tão jovem e que engatinha perante os rumos historiográficos, pois somos considerados crianças no caminhar histórico. Ainda não temos tanta experiencia, dando um passo de cada vez e tentando entender a nossa sociedade como um todo.

É bem esse sentimento que temos ao ler a HQ A infância do Brasil, roteirizada e desenhada por José Aguiar e com as cores de Joel de Sousa. A sensação é de que o mundo é jovem e cheio de temores e nos olhos de uma criança, tudo pode ser extremamente maior e mais doloroso.

Acompanhamos seis histórias com pontos de narrativas diferentes, que de alguma forma, acabam se convergindo em suas particularidades e similaridades e as “Anas” e “Gabrieis” da roda da vida, podem ser qualquer um, inclusive aquela criança pedindo esmola no sinal.

Somos transportados por momentos históricos de nossa nação, no momento que começamos a folhear o primeiro capítulo e vemos quanto é complicado ser criança no século XVI, mostrando muito das fundações do Brasil como sociedade.

Esse resgate histórico do Brasil, deixando de ser Ilha de Vera Cruz e transmutando-se em nossa nação, é apresentado a cada novo conto com um esmero profundo e denso, um trabalho belíssimo do José em conjunto com a historiadora Claudia Regina Baukat Silveira Moreira, transformando a história de nosso país em uma narrativa de vários momentos guiados pelo olhar inocente daqueles que não deveriam sofrer tanto, em tão tenra idade.

Ter o olhar comum, o viés do novo, lançado em cima de nossa história, é algo louvável em uma obra dessas. Ao mesmo tempo que o traço estilizado do José te apresenta uma visão lúdica, a profundeza dos olhos das crianças de cada conto expõem as dores e os porquês de estarem em situações tão desoladas e, no fim, temos aquele brilho, o brilho da pureza, de que algo pode dar certo no fim.

As cores de Joel de Sousa são extremamente importantes para a narrativa de cada conto, onde trazem a leveza e o peso nos momentos certos, de acordo com a necessidade da narrativa, casando de forma primorosa com os roteiros e arte de José.

“A infância do Brasil” Inicialmente publicado de forma online, no formato de webcomic no site www.ainfanciadobrasil.com.br, entre 2015 e 2016, projeto realizado pela Quadrinhofilia Produções Artísticas, rendendo a José Aguiar as indicações de Roteirista Nacional e Web Quadrinhos no Troféu HQMIX de 2017. Você pode adquirir a HQ no site da AVEC Editora.

A Infância do Brasil apresenta uma narrativa densa, longe do maisntream, mostrando talentos incríveis aqui mesmo, em nosso país, e com tanto para contar e no mostrar. Revelando aos amantes da 9° arte, que o Brasil tem talentos em cada canto de nosso território, e enredos que se passam em lugares que conhecemos e não sabemos nada sobre e de um povo rico que tem muito a contar, basta querer ouvir ou no caso, ler.

Publicidade
Loading...

Comentários