Hoje vamos trazer o review de um jogo antigo mas pouco conhecido por muitos jogadores de Boardgame. Bohnanza, cardgame criado pelo famoso Uwe Rosenberg (criador do Agricola), traz um jogo com muita negociação e gerenciamento de cartas.

Em Bohnanza, cada jogador entra no papel de um plantador de feijões que vai ter que conseguir o mais número de dinheiro com suas plantações de tipos diferentes de feijões, cada um com um valor diferente. Suas principais mecânicas são: gerenciamento de cartas, set collection e negociação.

Cada jogador vai possuir um número limitado de campos para plantar seus feijões, mas cada campo só aceita um tipo por vez, e para plantar ali, o jogador vai ter que colher os feijões primeiro. Quanto mais feijões você plantar, mais pontos vai ganhar na hora de colher, e cada tipo de feijão possui uma troca, ou seja, tem feijões que valem mais do que outros. Aí que entra a regra mais diferente do jogo: a mão de cartas do jogador não pode ser mexida e você sempre tem que baixar cartas que estão da direita para a esquerda na sua mão, dessa forma o jogador vai ter que gerenciar bem quais feijões colher e plantar para que ele não acabe perdendo pontos.

A principal mecânica e algo que os jogadores vão fazer a torto e a direita é negociar. Todo turno, além de ser obrigado a baixar pelo menos a carta que está mais a direita na sua mão, o jogador da vez vai revelar duas cartas do topo do deck. O jogador então vai poder plantar esses feijões ou trocar com outros jogadores. Além disso, podem ser feitas livremente trocas entre o jogador da vez com os outros jogadores com as cartas que ele tem na mão. A negociação é livre e inclusive cartas podem ser dadas de graça.

Apesar de ser um jogo com regras simples, Bohnanza traz bastante pensamento estratégico e manha. Cada jogador vai ter que gerenciar bem suas plantações de feijão e sua mão, tentando otimizar ao máximo seus pontos colhendo os feijões na hora certa. A regra de ter que baixar obrigatoriamente cartas da mão pode atrapalhar você enquanto está tentando juntar o maior número de feijões de um tipo, é nessa hora que entra a manha do jogador nas negociações.

Outra estratégia importante é a contagem de cartas, é importante que o jogador fique atento a quais feijões os outros jogadores estão juntando para contar as cartas que ainda sobram no deck. É importante também notar que quando um jogador colher seus feijões, alguns saem de jogo e não voltam mais, diminuindo a quantidade de cartas daquele tipo.

Apesar de ter uma arte que não me agrada muito e regras simples, Bohnanza é um ótimo filler de um grande designer com uma duração curta e ótima interação entre os jogadores. Toda a dinâmica das negociações deixa o jogo bem interessante, pois você sempre tem que estar prestando atenção no turno de todos os jogadores.

Número de jogadores: 2 a 5
Duração aprox.: 45 min.
Tem no Brasil: Sim, pela editora Paper Games
Preço aprox.: R$54,00

Comentários