Para o melhor entendimento do texto, seria ideal que você tenha ou assistido Stranger Things; ou ter jogado Beyond: Two Souls; e melhor ainda caso tenha feito os dois. Avisando que contém spoilers de ambos, caso não tenha visto nenhum dos dois, ponha sua conta em risco, obrigado!

Stranger Things x Beyond: Two Souls

Para quem não sabe (duvido muito que alguém não saiba), mas Stranger Things é uma série da Netflix, criada pelos irmãos Matt e Ross Duffer, lançada em Julho de 2016. A série teletransporta você diretamente para os anos 80, mais especificamente para o ano de 1983, para contar a história de uma pequena cidade no Interior do Indiana, cercada de acontecimentos misteriosos e sobrenaturais. Nesse texto não vem ao caso escrever uma resenha ou uma análise crítica de Stranger Things, longe de mim até. Portanto, vamos diretamente ao objetivo: na série, além de possuir um elenco incrível, o que mais chamou atenção foram as diversas referências ao cinema dos anos 80 e outras diversas ao universo Nerd (muitas citadas pelos criadores da série). Recentemente os criadores da série citaram alguns jogos que foram referências para série: Silent Hill, Dark Souls e The Last of Us. Mas ao assistir a série, em todo momento, me vinha uma forte semelhança a algo que não foi citado (pelo menos procurei pela internet e juro que não encontrei) que é com o jogo chamado: Beyond: Two Souls.

Beyond: Two Souls é um jogo exclusivo para PlayStation, desenvolvido pela Quantic Dream e lançado em Outubro de 2013. Ele conta a história de Jodie Holmes que é uma garota que nasceu com poderes sobrenaturais, explicados pelo elo psíquico com uma entidade invisível chamada Aiden. A história de Jodie é realmente emocionante, algo que prende você ao jogo. Lembro que na época em que joguei, não conseguia parar de jogar, a narrativa te prende e você fica muito curioso para saber o que irá acontecer com Jodie no decorrer do jogo, pois todas suas decisões podem mudar o rumo da história.

REFERÊNCIAS OU COINCIDÊNCIAS?

1. SEMELHANÇA FÍSICA

As grandes semelhanças já começam pelas personagens principais de ambos: a da série que é a Eleven, interpretada por Millie Bobby e a personagem principal do jogo que é a Jodie Holmes, interpretada por Ellen Page. Aqui podemos ver a semelhança física de Eleven com Jodie, por um acaso, até a roupa é parecida. Lembrando que não é em todo momento do jogo que Jodie está com a cabeça raspada. Já que o jogo mostra desde sua infância até sua idade adulta.

2. COBAIA DO GOVERNO

Assim como a Eleven, Jodie também é criada em uma base de estudos paranormais pertencente ao Governo. Mas temos uma diferença aqui: Eleven é obrigada e vive realmente em uma prisão para fazer os testes. Já Jodie é obrigada a fazer os testes, mas de uma forma pacífica, as pessoas que cuidam dela não são violentas e a tratam como se fosse realmente uma família. Mas, lógico, com a visão de entender e conseguir utilizar os poderes dela de alguma forma que beneficie o Governo.

3. ORIGEM

A origem das personagens também é bem semelhante. Eleven foi tomada a força de sua mãe no dia do seu nascimento para ser estudada. E, por incrível que pareça, Jodie também foi tomada a força no dia do seu nascimento, mas, ao contrário da Eleven, ela foi dada para pais adotivos que tinham como objetivo avisar ao Governo assim que os poderes de Jodie se manifestassem, para então levá-la para base de estudos. Tanto a mãe da Eleven, como a mãe da Jodie, ficaram completamente sem vida após o ocorrido, por conta de medicamentos e tratamentos feitos para deixá-las quase em estado vegetativo.

4. MEXENDO NO QUE ESTÁ QUIETO

Parece que o Governo gosta de mexer no que está quieto e lógico que algo sairá do programado. Em ambos acontecem catástrofes no local onde estudavam o universo alternativo. A diferença é que Jodie sabia da existência desses estudos e, quando deu errado, ela mesma foi resolver. Já em Stranger Things, Eleven demora um pouco para dizer e tentar resolver o problema e quem descobre sobre o portal é o Delegado Jim Hopper.

5. O PORTAL

Em Stranger Things conhecemos o portal que nos conecta ao Mundo Invertido, já em Beyond: Two Souls, temos o portal nos conecta ao Inframundo. Aqui temos diferenças também, mas o mesmo conceito. O portal do Mundo Invertido foi aberto pelos poderes da Eleven e possui criaturas que ainda não descobrimos o que são e, na próxima temporada, creio que serão esclarecidas mais dúvidas sobre o Mundo Invertido. Já o portal do Inframundo foi aberto pelos cientistas, criado artificialmente e é um local onde as entidades e almas perdidas vivem, é o mundo do companheiro de Jodie, a entidade Aiden

6. CENAS ALEATÓRIAS EM COMUM

Muitas cenas aleatórias, que não são tão importantes para a narrativa, ocorrem de forma semelhante. Podemos citar como exemplo a cena do supermercado, onde Eleven rouba para se alimentar. Jodie também passa algo do tipo quando está vivendo nas ruas. Fora outras cenas que também são bem semelhantes que se fosse citar o texto ficaria mais extenso ainda.

7. E AÍ? REFERÊNCIAS OU COINCIDÊNCIAS?

Após todas essas semelhanças, fica o questionamento: será que os criadores de Stranger Things esqueceram de citar o Beyond:Two Souls como uma referência? Ou tudo não passou de uma grande coincidência? Bem… Não acredito muito em coincidências, então… Deixo aí a dúvida para vocês.

Comentários