O Super Bowl é, sem dúvida, um dos maiores eventos esportivos do mundo. E com a popularização do futebol americano em grandes centros como Brasil, México, Inglaterra, esse status tende a permanecer intacto por bastante tempo. Algumas pesquisas apontam que o grande jogo decisivo da temporada da NFL é prestigiado por cerca de 200 milhões de pessoas ao redor do globo. Números que impressionam e atraem a atenção de várias marcas. Estima-se que os comerciais exibidos nos intervalos da partida possam custar até US$ 5 milhões. São os segundos mais caros da televisão.

Claro que algo desse porte tem um impacto na cultura pop. Os grandes estúdios sabem que muitos consumidores estarão vidrados na TV, o que torna um momento propício para divulgar trailers de suas grandes produções. Esse ano, longas como Missão Impossível: Efeito Fallout, Os Incríveis 2, Pantera Negra e Jurassic World: Reino Ameaçado vão disputar a atenção dos fãs. E como Hollywood adora histórias esportivas, separamos alguns filmes que farão você entrar no clima do jogão entre New England Patriots e Philadelphia Eagles, que ocorre no próximo domingo, 4 de fevereiro.

Obs: Para os marinheiros de primeira viagem, os filmes a seguir não explicam as regras do jogo em detalhes. Mas dão uma noção de como as coisas funcionam e o mais importante, de toda a emoção que envolve o esporte. E a lista não está em ordem de qualidade, os números apenas ajudam a deixar tudo mais organizado. Sem mais enrolação, vamos nessa.

1. Somos Marshall (2006)

Quando o assunto é filmes esportivos, Somos Marshall é presença praticamente obrigatória. Baseado numa história real, o longa narra a trajetória do Thundering Heads, o time de futebol americano da Universidade de Marshall. Após um trágico acidente aéreo vitimar 75 pessoas, entre elas jogadores, comissão técnica e torcedores, a cidade de Huntington entra em um luto profundo. Com o programa de futebol praticamente encerrado, o técnico Jack Lengyel (Matthew McConaughay) assume a responsabilidade de reerguer a Manada Trovejante. É o exemplar perfeito para compreender como o futebol americano, especialmente o universitário, está enraizado na cultura do país.

2. A Grande Escolha (2014)

New England Patriots e Philadelphia Eagles não chegaram ao Super Bowl por acaso. A qualidade de ambas as equipes começou a ser forjada nos bastidores, no tipo de jogo que poucos compreendem e que faz toda a diferença. O Draft é um dos momentos mais importantes da NFL, já que é nesse evento que as equipes selecionam jovens e talentosos jogadores recém saídos das universidades para reforçar seus esquadrões. No longa, acompanhamos o dia do General Manager do Cleveland Browns Sonny Weaver Jr (Kevin Costner) que precisa enfrentar toda a pressão do Draft Day e fazer movimentos inteligentes para salvar o futuro dos Browns. Apesar de pouco difundido nos cinemas brasileiros, o longa conta como nomes como Jennifer Garner, Chadwick Boseman (o Pantera Negra) e Tom Welling (o eterno Superboy).

3. Invencível (2006)

Existem filmes melhores que esse? Com certeza. Mas Invencível entra na lista por tratar-se de uma história real e envolver diretamente um dos finalistas do próximo Super Bowl. A trama acompanha a vida de Vince Papale (Mark Wahlberg) que atravessa uma fase terrível: foi demitido e abandonado por sua esposa. O que nunca perdeu foi sua paixão por jogar futebol com os amigos e torcer para o Philadelphia Eagles. Então, quando o novo técnico dos Eagles, Dick Vermeil (Greg Kinnear) anuncia que vai abrir testes para o time, Papale aposta todas as fichas na tentativa de realizar seu sonho. Resultado: defendeu os Eagles entre 1976 e 1978 e ostenta a marca de calouro mais velho da NFL.

4. Jerry Maguire – A Grande Virada (1996)

Show me the money! Saímos novamente do campo para falar dos bastidores do futebol americano. Nessa grande obra de Cameron Crowe, acompanhamos a conturbada trajetória do agente esportivo Jerry Maguire (Tom Cruise) que perdeu quase todos os seus atletas, com exceção de Rod Tidwell (Cuba Gooding Jr.). Ao tentar colocar sua vida pessoal e profissional nos trilhos, Jerry experimenta sentimentos como amizade verdadeira e solidariedade. Mas não se engane, o longa tece duras críticas a maneira como muitos jogadores enxergam o esporte apenas como uma ferramenta de ascensão monetária e social. E sobre a morte do sentimento de jogar por prazer. Em termos de roteiro e atuação, é disparado o melhor da lista. Tanto que teve cinco indicações ao Oscar, com Cuba Gooding Jr. levando a estatueta de Melhor Ator Coadjuvante. Filmaço.

5. Duelo de Titãs (2000)

 

Mais um filme clássico sobre o futebol americano universitário que é inspirado em fatos reais. Ambientado nos anos 70, o longa conta a história do técnico negro Herman Boone (Denzel Washington) que assume o comando do T.C. Williams High School Titans. Detalhe, o time é do estado da Virgínia, onde racismo e segregação ainda dominavam as ruas. Enfrentando o desprezo de parte da comissão técnica e desconfiança dos habitantes, Boone ainda teve que administrar os conflitos raciais dentro da própria equipe. Talvez todos os clichês de filmes esportivos estejam presentes aqui, o que não diminui em nada sua qualidade.

6. Um Domingo Qualquer (1999)

Discursos inflamados são peças obrigatórias em filmes esportivos. E esse possui um dos melhores já feitos no gênero. Dirigido por Oliver Stone, Um Domingo Qualquer é focado no técnico Tony D’amato (Al Pacino) que comanda o fictício Miami Sharks. Além do elenco estrelado, com nomes como Cameron Diaz, Dennis Quaid e Jamie Foxx, Um Domingo Qualquer é o longa que melhor retrata o fino equilíbrio entre os bastidores da liga e as partidas. Tony precisa lidar com questões como ego de jogadores, brigas internas, pressão da mídia e do governo local, além de concussões e todo o dilema ético que as envolvem. Uma overdose de informações para quem busca compreender melhor o mundo da NFL.

E aí, gostou da lista? Claro que muitos filmes ficaram de fora, mas você pode deixar sua dica nos comentários. O Super Bowl 52, disputado por New England Patriots e Philadelphia Eagles, terá exibição dos canais ESPN à partir das 20:30 (horário de Brasília). Quem procura uma experiência ainda mais completa, pode assistir ao jogo nos cinemas da Rede Cinemark. Basta consultar os locais e horário da exibição.

Comentários